domingo, 4 de outubro de 2015

Mais 12 lugares imperdíveis para visitar no Porto.

vista do rio Douro através do Jardim das Virtudes

Hoje em dia quem programa a sua viagem ao Porto, já sabe que tem que ficar pelo menos 4 dias para conhecer as principais atrações da cidade. E se puder ficar mais tempo, melhor ainda. O turismo relâmpago nas cidades já não existe mais. Quanto mais tempo puder ficar no Porto, mais oportunidade vai ter de viver experiências incríveis na cidade.
Mas mesmo assim, para quem fica pouco mais do que um dia na cidade, eu preparei um post no ano passado apresentando 12 lugares obrigatórios para visitar no Porto. 

E quais são os outros lugares para conhecer e fazer no Porto?


Hoje apresento mais 12 lugares e coisas imperdíveis para fazer no Porto.
Se vem com mais tempo, não deixe de conhecer.

Se o tempo estiver favorável, sem chuvas ou muito frio, os parques e jardins do Porto são visitas obrigatórias. Em cada estação do ano a paisagem muda e por isso, não importa a época que você visite a cidade, sempre vale a pena.

1. Jardins do Palácio de Cristal

É um imenso jardim romântico no coração da cidade. Cheio de recantos lindos,  ideal para uma pausa, um pic nic, ou ainda ver a vista linda do fim do dia em direção ao mar e da Ponte da Arrábida.
Os Jardins do Palácio de Cristal adornavam o local onde foi feita uma grande Exposição Internacional em meados do séc. XIX, num espaço chamado Palácio de Cristal que lembrava o Cristal Palace de Londres.
Este espaço foi demolido no século XX para abrigar um ginásio desportivo que recebeu o Campeonato Europeu de Hockey de Patins.
Para o bem da cidade e de todos nós os jardins continuam lindos e abertos todos os dias, para quem quer desfrutar de um oásis em plena cidade.


Jardins do  Palácio de Cristal


relaxar nos Jardins do  Palácio de Cristal

pavões noJardins do  Palácio de Cristal
Os pavões são a companhia para quem passeia por lá

vista dos Jardins do  Palácio de Cristal
A vista para o rio, nos fins de tarde é imperdível!!

2. Parque da Cidade

É o maior parque urbano do Porto. É perfeito para quem não dispensa a sua atividade física mesmo quando está em viagem. Ideal para estar próximo das aves no grande largo central.
A particularidade deste parque está no facto dele ter a sua continuidade em plena praia.

andar de bicicleta no Parque da Cidade

as aves no Parque da Cidade

praia do Parque da Cidade


O Parque da Cidade começa na Avenida da Boavista, na parte moderna da cidade e termina na área das praias do Porto, logo depois da foz do rio Douro. Ideal para passeios de bicicletas, corridas, pic nics e outras atividades em família.


3. Fundação de Serralves

Aqui se encontram  o Museu de Arte Contemporânea e o Jardim de Serralves, que  é também uma área verde imensa em plena cidade. É um programa para quase um dia inteiro, uma vez que visitar o museu, a casa de arquitetura art d'eco, passear pelo parque, fazer pausas e pic nics ou desfrutar do restaurante e da casa de chá, ocupa grande parte de um dia que com certeza será muito agradável, neste lugar tão bonito da cidade.
O que já foi uma casa e os seus respectivos jardins de um grande empresário do Norte de Portugal, hoje é uma fundação voltada para a cultura e as atividades ao ar livre.

Parque de Serralves no Porto


Na Fundação de Serralves é possível visitar o Parque, o Museu de Arte Contemporânea e a belíssima Casa de Serralves, um exemplar de arquitetura Art D'eco.

Porta da Casa de Serralvs no Porto


4. Casa da Música

É um dos edifícios mais procurados pelos turistas. Com uma arquitetura mais do que moderna, este ícone da cidade foi construído para receber os melhores espetáculos de música e além disso faz questão de manter uma vertente educativa para junto da cidade.
A visita guiada na Casa da Música permite-nos conhecer ao pormenor a importância desta construção. Além disso a Casa da Música possui uma excelente programção para quem quer aproveitar a sua visita ao Porto para assistir um bom concerto na melhor sala de espectáculos da cidade. 

Vista noturna da Casa da Música


5. Rua das Flores

É a rua mais charmosa da cidade, cheia de cafés, restaurantes, lojas de produtos portugueses e artistas de rua. desde excelentes músicos até os pintores e fotógrafos a expor seus trabalhos, a Rua das Flores, uma rua só para pedestres é para passear sem pressa. Dia e noite a rua não pára.


Rua das Flores no Porto



artistas de rua na Rua das Flores


6.  Igreja de São Francisco.

Fica mesmo ao lado do Palácio da Bolsa (um dos 12 lugares obrigatórios a visitar, que descrevi anteriormente). A Igreja de São Francisco é um exemplar fantástico de trabalhos em madeira talhada e dourada, pinturas e esculturas. Excelente visita para os amantes da arte sacra. Possui também um dos mais bonitos orgãos ibéricos do país.

Igreja de São Francisco no Porto

Orgão Ibérico da Igreja de São Francisco no Porto


7.  Jardim da Cordoaria e o Centro Português de Fotografia (na antiga cadeia da cidade)

Era um local onde existia um  mercado no período medieval e onde também os senhores que trabalhavam as cordas dos navios utilizavam aquele grande espaço para estenderem as cordas. E daí vem o nome Jardim da Cordoaria.  Hoje é um belíssimo jardim com diversos com um belíssimo paisagismo  e várias esculturas...

esculturas no Jardim da Cordoaria


Jardim da Cordoaria no Porto


E bem a frente vale a visita ao Centro Português de Fotografia, onde antigamente funcionava a Cadeia da Relação. É uma oportunidade de conhecer uma prisão em tempos medievais e ao mesmo tempo apreciar excelentes exposições de fotógrafos nacionais e internacionais...

celas da Cadeia da Relação no Porto

Centro Português de Fotografia


Cadeia da RElação do Porto



8.  Jardim do Morro

Do outro lado da ponte, em Vila Nova de Gaia, o Jadim do Morro está estrategicamente localizado para termos a melhor vista da cidade do Porto.
Podemos chegar até ele atravessando a Pone Luiz I à pé ou de metro descendo na Estação do mesmo nome: Jardim do Morro. Ao fim de tarde, o pôr-do-sol é fantástico!

Vista do Jardim do Morro

Pôr do Sol do JArdim do Morro


9. Escadas do Porto

 Surgiram numa época em que ainda não existiam as principais ruas e avenidas da cidade e eram os únicos caminhos para se chegar da Ribeira do Douro à parte mais alta da cidade. As Escads do Codeçal, dos Guindais e do Barredo, são algumas das principais escadas que vão dar à Ribeira. Vale a pena se deixar perder por esses caminhos tão genuínos do Porto.

degraus das Escadas do Barredo

Vistas das Escadas do Codeçal


10.Passeio de Eléctrico (bondinho)

Uma autentica viagem no tempo por algumas das principais ruas da Baixa do Porto e a ida à região da Foz neste ícone do transporte da cidade é um charme!
Uma visita ao Museu do Carro Eléctrico, vai fazer você entender toda a história deste transporte que que foi tão importante em outros tempos.

Eléctricos do Porto


Eléctricos do Porto


11. Cruzeiro das seis pontes

 Um passeio de barco pelo rio Douro, que passa pelas 6 pontes que unem o Porto e V. N. de Gaia. O interessante deste passeio é apreciar as margens do Porto, Gaia e a arquitetura destas pontes de uma outra perspectiva. Este cruzeiro tem a duração de aproximadamente 50 minutos e em dias de rio calminho e de calor, é uma passeio relaxante!


barco do Cruzeiro das Seis Pontes Porto

Vista do Cruzeiro das Seis Pontes no Porto

12. Vista da Serra do Pilar

E termino a lista com uma ida à cidade vizinha, Vila Nova de Gaia, onde diz-se que a melhor vista do Porto é em Gaia. Pura verdade.
Atravessar a ponte Luiz I tabuleiro do alto, à pé ou de metro para ver o Porto lá do outro lado vale muito a pena. A Serra do Pilar, é uma "varanda" especial sobre o rio, a ponte e a cidade...

Vista da Serra do Pilar

Serra do Pilar


Passeio Guiado no Porto
Visitar a Serra do Pilar, faz parte de um dos passeios temáticos dos meus Passeios com Sotaque Brasileiros


Lugares imperdíveis para quem vem visitar o Porto e para quem vive na cidade também.

Porque o Porto... encanta!


Vem para o Porto e Região?



2 comentários:

  1. Óptimas sugestões! Certamente que alguém que siga este roteiro ficará muito bem impressionado e desejoso por descobrir outros.

    ResponderExcluir
  2. Adoro o Porto,tem vistas lindissímas.

    ResponderExcluir