sábado, 16 de setembro de 2017

O "novo" Jardim do Morro e a sua fantástica vista para o Porto.

Fica do outro lado do rio, em Vila Nova de Gaia e podemos lá chegar atravessando o tabuleiro superior da Ponte Luis I, ou de metro (linha amarela, sentido Santo Ovídio, estação Jardim do Morro) e é onde temos uma das melhores vistas da cidade do Porto, do rio Douro e do maior vestígio da Muralha Fernandina do séc. XIV ...




O metro pára bem ao lado


E bem ao lado, está a Serra do Pilar, onde a subida também vale a pena, para apreciar a vista.
O Jardim do Morro, foi construído em 1907 e no ano passado esteve fechado para obras de requalificação. e foi reaberto neste Verão .

Está com tudo novo e recebe locais de todas as idades...


Os turistas também adoram estar por lá, porque é um dos lugares, onde o Porto vai ser sempre o cenário de fundo em todas as fotografias...






O certo é que o Jardim do Morro agora tem novos bancos, estrategicamente colocados, como se fossem uma arquibancada onde as principais atrações são o rio Douro e a cidade do Porto.
Ninguém se importa de ficar por ali horas a contemplar...


Uma publicação partilhada por o Porto encanta | Rita Branco (@oportoencanta) a









É perfeito no Verão, mas se nos protegermos do friozinho que bate nas outras estações, podemos apreciar o espetáculo que o pôr do sol nos proporciona, deixando a cidade do Porto e o rio... com uma luz muito especial.





Vale a pena atravessar a ponte, a pé ou de metro, para ficar ali bons momentos a contemplar!

Uma publicação partilhada por o Porto encanta | Rita Branco (@oportoencanta) a


domingo, 10 de setembro de 2017

Dica para transportar vinhos para o Brasil.

Cada vez mais os brasileiros estão interessados e se transformando em grandes apreciadores de vinho.
Os turistas que chegam por aqui, vão logo querendo provar os vinhos do Porto, conhecer a região do Vale do Douro, do Vinho Verde, Alentejo e outros.
Quando se deparam com as diferenças de preços daqui com os que são vendidos no Brasil, querem logo levar algumas garrafas.
Mas fica sempre a dúvida de quanto podem levar e como?
A legislação permite que cada pessoa pode levar 12 litros, ou seja, 16 garrafas de 750 ml, desde que não excedam o valor da cota de compras no exterior no total de 500 dólares.
A outra dúvida é sempre como levar sem correr o risco de partir as garrafas.
Pensando nisso, a Lazenne, uma empresa especializada em embalagens e malas de transporte aéreo para amantes de vinhos e  profissionais da área,  enviou-me uma mala para 12 garrafas, para eu conhecer.

Wine Check

Vale lembrar que a Lazenne entrega em toda a Europa e pode entregar diretamente no hotel onde o turista irá ficar hospedado.
A mala é leve, com rodinhas e por isso é fácil de ir com ela até a loja de vinhos onde se pretende fazer um bom "stock"...




As garrafas ficam mais do que protegidas individualmente, e dentro dos padrões legais para o transporte...



e assim as garrafas podem ser despachadas  no porão do avião sem o risco de eventuais quebras...


Com as 12 garrafas, o peso da mala não ultrapassa os 23 quilos, exigidos pela maioria das empresas aéreas. E continua fácil de circular pelas ruas...


Já estou ansiosa para na minha próxima viagem ao Brasil, poder levar bons vinhos para presentear!

Fica a dica para  os amantes de vinhos, que gostam de viajar por várias regiões vinícolas do mundo e agora podem transportar suas garrafas em segurança.

No site da Lazenne pode conhecer todos modelos e tamanhos, numa gama variadíssima de opções para transportar garrafas. Pode ainda fazer a sua compra on line e solicitar a entrega no hotel onde vai ficar hospedado na Europa:




sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Viagens Gastronomicas com Mesas Bohemias. Quando os restaurantes de longe... vem ao Porto.

Na Primavera, no último mês de Abril, eu conheci o restaurante Noélia que fica no Algarve, sem sair do Porto.
Sim, a chefe que dá nome ao restaurante trouxe as delícias algarvias para o restaurante BH Foz.
Esta é a proposata do evento Mesas Bohemias. Trazer para a nossa beira, restaurantes que ficam tão longes,mas que são tão bons!!
Na altura, a chef Noélia, foi desafiada a fazer combinações gastronomicas com 3 edições especiais das cervejas Bohmia.

Foi um almoço inesquecível, num dia lindo, com o mar azul da Foz. Quase uma viagem ao Algarve... sem sair do Porto.


No Verão, em Agosto, a Bohemia desafiou-me, propondo uma combinação da sua cerveja IPA com os temperos picantes para um bom churrasco, desta vez; à minha mesa...




Nada mal para um Domingo de Verão!



Com o Outono à porta, o Mesas Bohemias está de volta! E em grande.

No restaurante Tripeiro, no Porto, quem vem  lá de Portalegre é  o excelente restaurante Tomba Lobos que eu já tive o prazer de conhecer, e que só me trazem boas lembranças do Alto Alentejo...






O chefe José Júlio Vintém vai trazer as delícias alentejanas a combinar com as cervejas Bohemias...





Se vai estar no Porto entre 14 e 17 de Setembro, e como eu, adora viajar para comer, desta vez pode ir até o Alentejo sem sair do Porto.

E se vai estar em Lisboa entre os dias 21 e 24 de Setembro, o restaurante Mugasa da Bairrada, vai viajar até a capital.

Reservas e informações das próximas edições em:
www.mesasbohemias.pt


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Do Porto para o Brasil. O Passear e "azulejar" no programa Destino Certo da Globosat.

Em Fevereiro deste ano, a produção do programa  Destino Certo do Canal Mais da Globosat entrou em contato comigo dizendo que estavam a preparar a terceira temporada deste programa que seria gravada toda em Portugal e que um dos episódios seria sobre turismo criativo, e que queriam vir ao Porto para gravar o Passear e "azulejar".

Fiquei radiante de alegria. Saber que Portugal e o Porto estariam novamente na televisão brasileira e saber que eu poderia contribuir... é sempre uma honra. Ainda mais falando do Passear e "azulejar" e sobre o turismo criativo, uma maneira tão fantástica de fazer turismo. Quem acompanha o blog a mais tempo, sabe da minha paixão por este tema e que quando viajo, e mesmo aqui no Porto não perco a oportunidade de meter a mão na massa. Veja a página que eu tenho aqui no blog sobre Turismo Criativo: AQUI.

O Passear e "azulejar" é uma atividade que eu criei para que os turistas brasileiros tenham a oportunidade de praticar este tipo de turismo aqui no Porto, tendo contato com a arte dos azulejos da cidade.

E foi isto o que a apresentadora Mel Fronckowiac veio fazer no Porto: Passear e "azulejar, com o Porto encanta e com a Ninoska Trillo...





Confesso que em Março, quando o programa foi gravado, por estar a viver em Portugal muito tempo e ter perdido o contato com a televisão brasileira,  eu desconhecia o programa. E acho que por isso a gravação fluiu tão naturalmente. A Mel e toda a equipe de produção foram extremamente simpáticos e adoraram Passear e "azulejar".
Mas agora em Agosto, quando o programa foi ao ar no Brasil, quando  as inúmeras mensagens via redes sociais, emails e whats app vindas de leitores, amigos e familiares do Brasil chegavam sem parar é que percebi a dimensão do programa. Um retorno fantástico novamente para Portugal, para o Porto e para o Porto encanta. Mais uma vez, o orgulho de levar o Porto para o Brasil.

Fica aqui um pouco das imagens que passaram na última semana de Agosto no canal Mais da Globosat no Brasil. Imagens estas, gentilmente cedidas pelo blog Cultuga da Priscila Roque e do Rafael Boro, que também participaram do programa lá em Lisboa.




Quer Passear e "azulejar" no Porto? Veja mais informações: AQUI


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Do Porto para... Ovar. Viajar para comer no Toca Restaurante & Tapas.

Entre o Porto e Aveiro, existe uma pequena cidade chamada Ovar, mas que para mim foi uma grande surpresa. Quando passei por lá dois dias com o Turismo da cidade, fiquei impressionada com o valor do patrimonio histórico e cultural.

Ovar é Cidade Museu-Vivo do Azulejo, e por isso basta passear pelas ruas do centro da cidade e somos brindados com diversos edifícios e casas antigas cobertos de azulejos lindos. Um patrimonio incrível! Veja mais sobre os azulejos de Ovar, neste post: AQUI

passeio que também pode ser feito com as bicicletas disponíveis através do Turismo de Ovar

Cidade do famoso Pão-de-Ló de Ovar, produto certificado da região e afirmo ser proíbido sair de lá sem prová-lo!

Pode também aprender a fazê-lo num workshop. Veja: AQUI

A tradição de Ovar, passa pelo mercado público que acontece todas as manhãs às Quintas-Feiras e aos Sábados...

quem não adora um mercado público?

Vale lembrar, que o escritor Júlio Diniz, autor do livro "As pupilas do senhor reitor", viveu uma boa parte da sua vida em Ovar, e por isso pode visitar a sua Casa-Museu também no centro da cidade...



Ainda em Ovar, nomeadamente em Esmoriz é possível acompanhar a produção de barris e toneis de carvalho, nesta região onde já foi a maior produtora deste tão importante produto para armazenar os vinhos portugueses...

Saiba mais: AQUI

Mas Ovar também é muita natureza! Tem Ria (de Aveiro) e tem mar. E tem o belíssimo Parque do Bussaquinho, que tem uma extensa área florestal protegida e possui uma rica biodiversidade no nível da fauna e da flora.



Claro que com tanta coisa para fazer, é preciso repor as energias, com a tradição da cozinha portuguesa. E tenho uma dica para quem também, como eu, adora viajar para comer!

É o  Toca Restaurante & Tapas, que está bem no centro da cidade e que surpreende logo quando entramos pela sua porta estreita em direção a uma sala repleta de pormenores lindos!









Claro que a decoração encanta mas... a comida vem em primeiro lugar. E o Toca é só delícias!
A cozinha tradicional é a prioridade e mesmo utilizando as Tapas no nome, nem elas escapam, é tudo português...


esta sopa de peixe estava fantástica!

E quem resiste às pataniscas de bacalhau com um bom arroz de feijão?



Sobremesa? Não saia sem comer o pão-de-ló que vai muito bem com um bom vinho do Porto...



O cardápio é variadíssimo e é quase uma viagem pela gastronomia portuguesa. Vale a pena deliciar-se com o seu site: www.toca.pt que tem fotografias belíssimas e que dão vontade de sair agora do Porto para Ovar!

Se vai viajar por Portugal, vale a pena colocar Ovar no seu roteiro.
E se vive no Porto e região, fica a dica para explorar tantas coisas que pode conhecer aqui ao lado.
A apenas 30 minutos do Porto. De carro ou de comboio/trem, é muito fácil lá chegar.

Também no FAcebook: TOCAovar