quinta-feira, 1 de março de 2018

Rua das Flores. A rua dos artistas.

É a rua do Centro Histórico que as pessoas adoram passear.
Por lá todos andam devagar para observar a arquitetura dos edifícios com suas varandas tão típicas e com seus belíssimos azulejos...





É a pequena rua que liga a Estação de São Bento com o Largo de São Domingos e é repleta de mesinhas charmosas...



É uma pequena rua com muitas grandes histórias. Foi construída em 1521 pelo rei D. Manuel,  num espaço onde existia a horta do bispo da cidade e desde cedo abrigou casas aristocráticas onde moravam comerciantes, mercadores e pessoas ricas da cidade. Muitas casas de famílias tradicionais, como a Casa dos Cabrais, onde hoje se encontra o charmoso Flores Village Hotel
Foi na Rua das Flores, que se instalou inicialmente o edifício da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, criada pelo Marquês do Pombal.
Um dos lados da rua, era preenchido por ourivesarias/joalherias tradicionais, mas hoje em dia, poucas  ainda se encontram por lá. 
Num passado muito recente, a rua foi esquecida e quase ninguém queria por lá passar.
Até que ela foi revitalizada e os seus prédios estão ganhando vida novamente

Por muitos anos, a tradição era comprar jóias na  Rua das Flores
Uma das fachadas mais bonitas do período barroco encontra-se na rua das Flores, na Igreja da Misericórdia e de autoria do arquiteto italiano Nicolau Nasoni.
E é ali ao lado, na fachada do Museu da Misericórdia do Porto que a escultura do artista Rui Chaves, sai do museu e vai para a rua...

Entenda mais sobre esta escultura que invade a Rua das Flores através do Museu da Misericórdia: AQUI
E assim, começo a falar das diversas manifestações artíticas que encontramos na Rua das Flores.
Desde as mais tradicionais  às mais modernas, como esta linda pintura em grafite, para ser vista com atenção, porque ela está quase escondida, a espreitar quem passa pela rua das Flores...


... esta pequena rua tem grandes talentos que chegam timidamente pela manhã e vão espalhando arte por toda a rua...







São artista anonimos que estão por lá expondo suas obras e dando-nos o privilégio de os ver trabalhar..

muitas vezes faz muito frio... mas eles gostam de lá estar.


Por isso vale a pena andar com calma pela Rua das Flores...


Até porque, a boa música também se ouve por lá. 
Espalhados por toda a rua, os músicos nos encantam com os seus diversos instrumentos...




E com suas belas canções...



Muitos deles... o que querem é alguém para os ouvir ou para apreciar o seu talento.
Por isso, deixe-se encantar pela histórica Rua das Flores e seus incríveis artístas!





2 comentários: