quarta-feira, 11 de julho de 2018

Da França para o Porto. Cocorico Luxury GuestHouse e Restaurante.

A primeira unidade hoteleira do grupo francês Millésime fora de França chama-se Cocorico Luxury GuestHouse e abriu no início deste mês de Julho no Porto.
Entre o Largo da Batalha e o Jardim de São Lázaro, numa região do centro da cidade que está ganhando uma nova vida, o Cocorico Luxury GuestHouse, ocupa dois edifícios totalmente restaurados mas que mantém ao máximo a arquitetura original, muito típica da região que liga o Centro Histórico do Porto ao Bonfim. Construções que foram surgindo a partir de meados do século XVIII, quando as Muralhas Medievais começaram a ser destruídas para dar espaço a novas ruas e praças de uma cidade que surgia em amplo desenvolvimento.

 Em noite de inauguração, fui convidada a conhecer o Cocorico Luxury GuestHouse que possui dez suites inspiradas em amores entre franceses e portugueses  que recebem  o nome de personagens de histórias românticas. É um lugar ideal para casais ou para famílias, uma vez que 3 das suites possuem um espaço concebido para crianças e jovens.
Tudo com muito charme e uma simplicidade extremamente elegante...


Cada suíte é única, repleta de apontamentos muito especiais. As casas de banho/banheiros são imensas e fazem uma ligação quase que natural com o quarto.
E naturais também são vários elementos utilizados na decoração, que se misturam com várias peças antigas de mobiliários vindos de França. Fruto do bom gosto do projeto criado pela Diretora Artística do Grupo: Marie Christine Mecoen.





Além do pé direito e das portas altas, uma clarabóia presenteia-nos com a sua beleza sobre a escada principal, mas vale lembrar que a Cocorico Luxury GuestHouse tem um moderno elevador, o que é importante em se tratando de dois edifícios antigos.


As varandas que fazem parte do cenário do Porto, também emolduram algumas das suítes...



O Grupo Millésime, possui 7 hotéis e 8 restaurantes em França, todos eles ligados a regiões de vinhos e por isso, a decisão de abrir esta unidade na cidade de um dos vinhos mais famosos do mundo... o vinho do Porto.
E é no restaurante no mesmo edifício do hotel,  que encontramos a união entre a gastronomia francesa com os vinhos do Douro e do Porto...




Os pratos levam-nos à uma viagem a várias regiões da França. A minha escolha veio do sudoeste francês: Magret de Pato com espargos, molho de estragão e batatas #dauphine". Que resumo numa palavra: Divino!

Para "viajarmos" pelas regiões francesas que unem-se com o Douro neste restaurante, a decoração é inspirada nas cabines dos glamourosos  comboios/trens Oriente Express.


O restaurante é aberto ao público todos os dias das 11:30 às 23 h (com exceção do Domingo à noite), por isso, mesmo que não esteja hospedado no Cocorico Luxury GuestHouse, vai poder desfrutar de um almoço, jantar, lanche ou hapyy hour ao estilo francês sempre acompanhado de um bom  vinho português a qualquer momento...

o charme do pátio exterior do restaurante para aproveitar os fins de tarde quentes.

Uma hospedagem com elegância e ao mesmo tempo, para se sentir em casa.
Um restaurante em casa para se sentir na França.

Cocorico Luxury GuestHouse e Restaurante
Rua Duque de Loulé, 97 - Porto
tl. + 351 222 013 971

Faça sua reserva: AQUI

V



Vem para o Porto e região?

quarta-feira, 4 de julho de 2018

O Bira dos Namorados do Porto.Os hambúrguers e pregos modernos que são recheados com tradição.

O Bira dos Namorados do Porto é daqueles lugares que entramos e nos... encantamos.
São cores e pormenores que enchem os olhos!
Da pronúncia aos sabores, tudo é do Norte no Bira dos Namorados.
O Bira, vem da dança típica do Minho, o  "Vira". Os Namorados vem dos Lenços dos Namorados, um dos artesanatos mais tradicionais também da região minhota
Tudo porque o Bira dos Namorados nasceu há 4 anos no Minho, nomeadamente em Braga, sob o comando dos jovens empreendedores Mariana Marques e Diogo Carvalho.
Abriram uma casa de Hambúrguers e Pregos (lanches tipicamente portugueses com carne de vaca) num ambiente descontraído e divertido, sem perder a tradição, privilegiando os sabores regionais portugueses.
O sucesso foi tanto que tiveram a ideia de trazer o Bira dos Namorados para o Porto.
E que ótima ideia!
Na minha conversa com a Mariana Marques, ela contou-me que a casa do Porto é mais ampla, o que permitiu dar asas à imaginação na decoração. Por isso é impossível não se impressionar com as cores e os detalhes incríveis  que nos remetem da tradição à modernidade num instante.










No balcão vemos a presença do artesanato do Lenço dos Namorados

São tantos detalhes que foi difícil me fazer para de fotografar...




Bom... mas vamos ao que interessa. Os sabores são incríveis!

A criatividade começa pelos nomes dos pratos que remetem todos às danças típicas do Norte de Portugal  ou aos instrumentos utilizados no folclore protuguês.
Vamos encontrar hambúgers chamados "Moda das Saias", "Malhão", "Regadinho" ou "Bailarico" e pregos com os nomes "Fandango", "Dança da Roda", "Pauliteiro" ou "Farrapeira"

As entradas também passam pelo tradicional. A minha era era deliciosa!
Broa de Avintes, com queijo de cabra, nozes e mel.



Pedi o meu prego "Pauliteiro" em homenagem ao meu pai que é de uma aldeia de Miranda do Douro e que  muito dançou na sua juventude, a dança dos "Pauliteiros de Miranda"...


 carne de vitela muito especial!  com queijo da serra derretido
Outra sensação são os pratos artesanais. Não via a hora de acabar de comer, para vê-los!


O Lenço dos Namorados, novamente presente. Desta vez nos belíssimos pratos!



Há na carta uma seleção de cervejas artesanais, espumantes e limonadas de vários sabores para acompanhar,. E os mais fortes ainda podem se deliciar com as várias sobremesas.

Ainda há um cantinho muito especial onde podemos comprar, desde o artesanato típico do Minho até produtos regionais como compotas, conservas, licores e mel.



Se vem para o Porto ou vive na cidade, não deixe de conhecer! Vai se encantar!

Bira dos Namorados
Rua de Ceuta, 61 
Porto
tl. +351 222081009
www.biradosnamorados.pt 




Vem para o Porto e região?