segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

As palavras-chave de 2018 no O Porto encanta.

Mais uma passagem de ano e uma vez mais, olho para o ano que acaba e sinto saudades.
Saudades de tantas pessoas que vieram ao Porto e que tive o prazer de mostrar porque é que o Porto encanta. E quando a comunicação sai do blog e passa para as ruas do Porto.
Dizem que as palavras-chave são ótimas para posicionar um blog nos motores de busca.
Eu usei as palavras-chavespara  conversar com os seguidores do O Porto encanta muito mais pessoalmente do que no mundo virtual.
Ficam aqui representados alguns... mas que todos sintam-se abraçados!

Que todos se recordem com carinho das palavras-chave que usamos pelas ruas do Porto:

São João


História



Azulejos


Carinho


Sorrisos





Vinho do Porto



Família



Cidade Granítica


Futebol



Francesinha


Pessoas do Porto


Chuva


Caminho de Santiago


Camilo Castelo Branco


Douro


Braga


Guimarães


Fotografia


Arte


Pelas ruas do Porto, no blog e nas redes sociais, o nosso contato foi sempre muito intenso e com muita emoção! 

Vamos continuar em 2019, por isso desejo a todos os viajantes, leitores e parceiros: 

Um Feliz Ano Novo cheio de encantos!!

Vem para o Porto e região?




quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Os edifícios históricos e emblemáticos do Porto e suas programações culturais.

Quando visitamos uma cidade sempre queremos conhecer os edifícios históricos e os monumentos mais emblemáticos, mas se fizermos isto aliados a uma programação cultural, fica ainda mais interessante.
Escrevo este post para chamar a atenção dos turistas que ao visitarem o Porto principalmente no Outono e Inverno, nos dias mais frios ou chuvosos, tem uma boa opção para aproveitar uma exposição de algum artista internacional, ou um concerto e até mesmo uma peça de teatro. Vale lembrar que falamos a mesma língua  com algumas diferenças é certo, mas é sempre possível aproveitar uma boa apresentação de teatro como por exemplo a peça Otelo (que estará em cartaz em Janeiro/2019) no Teatro Nacional São João.

Teatro Nacional São João

Classificado como Monumento Nacional, é membro da União dos Teatros da Europa e um dos edifícios mais bonitos da cidade do Porto. Tem uma programação regular o ano todo e por isso vale tanto a visita guiada que acontece todos os dias às 12 h, como assistir a uma boa apresentação teatral.
A sala de espetáculos é lindíssima.

Veja aqui um post sobre a arquitetura do: Teatro Nacional São João

Acompanhe a programação e compre o seu bilhete on-line através do site: www.tnsj.pt

Centro Português de Fotografia - Antiga Cadeia da Relação:

Este é um edifício que impressiona. Porque já foi a antiga cadeia da cidade e mantém as suas características bastante originais, mas que nos envolve com a arte das fotografias que lá são expostas durante o ano todo.
Depois de ter a cadeia desativada,  o edifício ficou fechado por um longo período. Mas foi totalmente restaurado e hoje abriga o Centro Português de Fotografia, onde são expostos trabalhos de fotógrafos nacionais e internacionais, tem uma coleção permanente de máquinas fotográficas de todos os tempos e formatos e ainda é possível visitar a cela do escritor português Camilo Castelo Branco que lá ficou preso por adultério.

Saiba mais sobre este edifício e veja o link para acompanhar a programação de exposições neste post: AQUI

Casa da Música

É o edifício emblemático mais moderno e a melhor casa de concertos da cidade. Construída para receber os melhores concertos e para ser literalmente uma casa da música.
A obra é do arquiteto holandês Rem Koolhaas, e por isso, além de assistir a um ótimo concerto a minha sugestão é  que faça uma visita guiada pelo edifício e vai poder conhecer todas as salas, suas atividades e os detalhes da arquitetura. Veja mais neste post: AQUI
Além dos concertos da Orquestra Sinfónica do Norte, residente da Casa da Música, é possível assistir a espetáculos de excelentes músicos do cenário nacional e internacional.
Um concerto na sala Suggia, a principal sala da Casa da Música é inesquecível.

Acompanhe o calendário de concertos e compre os bilhetes no site: Casa da Música

Fundação de Serralves e o Museu de Arte Contemporânea:

Uma casa de estilo art d'eco, seus belíssimos jardins e um museu projetado pelo famoso arquiteto português Álvaro Siza Vieira compõem a Fundação de Serralves, um espaço para as mais diversas atividades culturais durante o ano todo.
Pelo Museu de Arte Contemporânea passam renomados artistas de todas as áreas.
Nos Jardins também decorrem temporariamente exposições de esculturas em grande formato.
E a Casa também recebe exposições e apresentações culturais temporárias.
Sem contar os eventos de grande dimensão que reúnem várias animações culturais e artísticas como por exemplo o Serralves em Festa.
Como pode ver, este é um espaço multi-cultural, onde a Casa de Serralves tem uma arquitetura belíssima do início do séc. XX e o Museu de Arte Moderna nos recebem ao melhor estilo do arquiteto Siza Vieira.
Reserve boa parte de um dia para se dedicar à arte e ao patrimonio em meio à natureza dos seus jardins em Serralves.

Veja mais sobre a:  Casa de Serralves e os seus Jardins


Acompanhe a agenda das exposições e atividades no site: Serralves

Coliseu do Porto

Também no melhor estilo art d'eco, o belíssimo Coliseu do Porto fundado em 1941 possui uma das maiores salas de espetáculos com capacidade para 3.000 pessoas sentadas.
Recebe espetáculos o ano todos das mais diversas áreas. Desde concertos de música clássica, cantores nacionais e internacionais, teatro, apresentações de circo e teatro infantil.
Localizado bem no centro da cidade, próximo à rua de Santa Catarina, assim como o Teatro Nacional São João é de fácil acesso. Vale muito a pena ir ao Coliseu do Porto para prestigiar uma das apresentações e admirar a sua imponente arquitetura, com a sala de espetáculos a lembrar o formato dos antigos teatros romanos.


Acompanhe aqui a agenda do: Coliseu do Porto

Emblemáticos edifícios com história, arquitetura e muita arte para ver!

Vem para o Porto e região?




sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Sheraton Porto. Um hotel de referência e as celebrações para a passagem do Ano.

Um dos melhores hotéis da cidade, o Sheraton Porto Hotel & Spa é também um hotel muito procurado pelos turistas brasileiros. Moderno, elegante e localizado na parte nobre da cidade, o Sheraton Porto é mais do que uma referência quando falamos em hotel cinco estrelas na cidade.
O seu Spa também impressiona com as suas instalações e serviços, e pode inclusive ser utilizado  por quem não está hospedado no hotel.
Assim acontece com o restaurante Porto Novo que recebe todos os dias  clientes que lá estão hospedados ou não.

Veja a minha experiência como hóspede do Sheraton: Turista na Própria Cidade

Já foram vários os turistas brasileiros com quem fiz Passeios pelo Porto, que lá ficaram hospedados, e adoraram. Fica um pouco mais afastado do Centro Histórico e por isso longe da agitação turística das épocas altas.
E por falar em épocas altas, é chegada a altura das festas de fim de ano e a ordem do Sheraton Porto  
é Celebrar!


Desde os habituais jantares que antecedem o Natal entre amigos ou de empresas, até a noite mais especial com a família e o tradicional almoço de Natal.

Estes dias são dias de muitas celebrações mas  também são dias para cuidarmos de nós mesmos, por isso o Spa do hotel, reserva uma série de programas especiais e também vouchers para quem quer presentear com bons momentos.

Estive a convite da direção sempre muito atenciosa deste glamouroso hotel, conhecendo algumas das delícias que são apresentadas nas noites de celebração.

 Todos os menus e demais informações sobres os almoços e jantares de Fim de Ano podem ser vistos no site especialmente preparado pelo Sheraton Porto para esta ocasião 

Sempre no comando dos também amáveis chefes Ilídio Barbosa e José Moura


O Sheraton Porto já é elegante por natureza, mas no fim do ano, recebe sempre uma decoração que o torna ainda mais charmoso...




Para o Ano Novo, o Sheraton prepara 2 espaços com 2 conceitos diferentes.
No Restaurante Porto Novo, o jantar é mais intimista e o ambiente mais tranquilo acompanhado de música ao vivo.
E a Sala Apollo, dedicada à eventos recebe a Festa de Ano Novo num ambiente menos formal, jantar-buffet, bar aberto e DJ. Tudo para Celebrar!

Todas as informações em: www.natalefimdeano.com

Vem para o Porto nos próximos meses?

Faça sua reserva no Sheraton Porto Hotel 




segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Do Porto para... Lousada. No Centro de Interpretação do Românico.

Localizada a noroeste de Portugal, a Rota do Românico é um conjunto de 58 monumentos entre mosteiros, castelos, igrejas, pontes, capelas, torres e memoriais localizados em 12 municípios que ficam nos arredores do Porto. São eles: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.
A maioria destas cidades não estão no circuito do turismo de massa e os monumentos da Rota do Românico estão localizados em paisagens bucólicas e na região dos 3 rios que constituem a sua área geográfica, o Rio Douro, o rio Sousa e o rio Tâmega.
Uma região e monumentos que estão intimamente ligados com a formação de Portugal, e por isso, a Rota do Românico se auto-denomina: Uma experiência fundada na História.
A arquitetura românica surgiu na Europa Medieval entre o final do séc. X e início do séc. XI, mas foi no início do séc. XII que ela foi ganhando expressão em Portugal, com a construção das Sé de Coimbra, de Lisboa e do Porto.
A arquitetura românica andou de mãos dada com D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, e foi a arquitetura presente na formação do território português, além de estar ligada a demarcação de território cristão, num período em que a Península Ibérica reconquistava o seu domínio perante a ocupação árabe. Torres, castelos e pontes, tinham a função de proteção e comunicação e as igrejas, mosteiros e capelas cumpriam o papel espiritual, artístico e de cultura.
A maioria dos monumentos da Rota do Românico, são de pequenas dimensões, porque era preciso construir com rapidez e também porque eram destinados a atender pequenas povoações, umas próximas das outras.
A arquitetura românica é bastante específica e repleta de simbolismo e de interpretações, por isso, para quem quer percorrer a Rota do Românico, o ideal é começar por entender não só a arquitetura mas todo um período da história neste território tão próximo com a formação de Portugal, fazendo uma visita ao Centro de Interpretação do Românico que fica em Lousada a aproximadamente 40 minutos do Porto. Lá através da visita guiada, podemos fazer um mergulho na importância do patrimonio histórico do românico. Sua arquitetura, o território, a cultura e a sua gente.



O novo Centro de Interpretação da Rota do Românico está localizado num belíssimo edifício inaugurado em Setembro de 2018, com uma arquitetura moderna mas que remete à vários elementos do românico.
Nele podemos circular por amplas salas, todas elas com recursos interativos que nos permite conhecer tudo a respeito da localização dos 58 monumentos a visitar.






A visita pode ser sempre acompanhada por um guia, que vai nos explicar tudo sobre o Centro de Interpretação e sobre a Rota do Românico, mas podemos lá ficar o tempo necessário para pesquisar, interagir e apreciar!






A sala denominada  Os Construtores foi a que mais chamou a minha atenção. Lá está recriada a maneira como eram construídos os monumentos românicos. A exemplo do que nos é apresentado no Guia da Rota do Românico. Incrível!



E outra sala muito interessante é chamada de Simbolismo e Cor. Lá vamos entender os símbolos que encontramos nas fachadas das construções românicas, bem como brincar com as cores predominantes das pinturas nos seus interiores.


A partir da visita ao Centro Interpretativo, estamos prontos para encontrar e desvendar os seus 58 monumentos localizados em meio a paisagens bucólicas. 



Mas... a Rota do Românico não é apenas conhecer os seus monumentos. É sentir toda uma região muito especial ao Norte de Portugal.
É ir sem pressa, desfrutar da beleza da paisagem, aproveitar os ótimos hotéis e alojamentos em espaços rurais, onde as pessoas nos recebem como alguém da família.
É saborear a comida local, os deliciosos doces portugueses e o típico vinho verde da região.
É conhecer a cultura e as tradições de uma região.
É fazer efetivamente da Rota do Românico: uma experiência!

É isso o que eu e a Naiara Back do blog Aqueles que Viajam vamos fazer!
De Guia e Passaporte da Rota do Românico na mão, vamos viajar na história e na cultura de outros séculos e que perduram até hoje.



Acompanhe! #nosnarotadoromanico
Porque o Porto encanta, e a Rota do Românico também!!

Centro de Interpretação do Românico:

Praça D. Antonio Meireles, 45
Lousada
De Terça a Domingo: das 10 h às 18h
Bilhete: €3
Visita Guiada : € 1,50
(Dezembro/2018)
tl. +351 255810706

Para visitar a Rota do Românico alugue o seu carro: AQUI
Fique hospedado na Rota do Românico. Encontre a sua hospedagem: AQUI