quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Os encantos do Douro. Muito mais do que um rio.

O Douro é mais do que um rio, é mais do que os vinhos. O Douro é patrimonio, é cultura, arte, tradição e principalmente... o Douro é uma maneira de estar.
O Douro são as pessoas.
Depois de passar 6 dias intensos entre o Porto e o Alto Douro Vinhateiro, a convite da AETUR ( Associação dos Empresários Turísticos do Norte Interior de Portugal), chego a conclusão que o Douro é um mundo à descobrir, porque quanto mais vamos até lá... mais nos encantamos.


Quem vem ao Porto, vem para uma cidade que é Patrimonio Historico da Humanidade, vem para a cidade do vinho do Porto e do rio Douro...





mas esta viagem ao Porto, também pode se transformar numa experiência incrível quando decidirmos ir para além da cidade, principalmente se ouvirmos o chamado do rio e deixarmos-nos levar por uma série de sensações que toda uma região pode nos oferecer.

Foi exatamente o que aconteceu comigo nesta viagem. Já visitei inúmeras vezes o Douro, quem acompanha este blog, sabe muito bem a minha paixão que já vem de família, por este rio tão especial. Mas... o Douro e tudo à sua volta consegue me surpreender cada vez que eu me proponho a descobrir mais sobre ele. E isto é fantástico porque me dará a oportunidade de pouco a pouco apresentar neste blog mais informações e lugares para visitar nesta região tão especial.

A maneira de fazer turismo está mudando, e ainda bem. Quem viaja para muitos lugares em poucos dias, acaba não conhecendo lugar algum. O turismo hoje em dia está mais para sentir do que apenas ir.
E sentir o rio Douro entre o Porto e o vale dos vinhos significa desvendar uma região cheia de patrimonios e suas belezas arquitetonicas...

Torre dos Clérigos - Porto

Capela das Almas - Porto

Estação de São Bento - Porto

Ponte e Igreja de São Gonçalo - Amarante

Fonte na aldeia de Provesende


Mosteiro de São João de Tarouca e suas ruínas... lindo!




Mosteiro de Santa Maria de Salzedas

Ponte fortificada de Ucanha


Palácio de Mateus - Vila Real - arquitetura barroco português 



Do Porto até o Alto Douro Vinhateiro... temos que nos deixar levar pela gastronomia mais do que especial do Norte de Portugal...


Restaurante Palco - Hotel Teatro - Porto


Restaurante Papas Zaíde - Provesende


Jantar em pleno barco na região dos vinhos




o prazer das frutas da época e da região


Almoço num lugar muito especial: antigo lagar na Casa Calços do Tanha





um piquenique com a melhor vista do mundo

pela Tridurius eventos



Quinta do Paço - Vila Real

Restaurante Vinum - Caves Grahams - V. N. Gaia
O Gaveto - Matosinhos

Se esta é a região dos vinhos,é claro que não podemos deixar de visitar as Quintas que produzem os vinhos do Douro e do Porto.
A cada época do ano a região apresenta uma paisagem diferente e não menos bonita. Porque estamos falando de uvas e vinhos, e isto tudo tem vida, todos os dias, nas quatro estações do ano.
Em Setembro, quando estive por lá, era início da época das vindimas. É altura das colheitas das uvas e é quando os vinhos daquele ano começam a nascer, por isso a paisagem é densa... carregada de uvas, e nas Quintas o trabalho é intenso...




Vale sempre a pena visitar várias Quintas nesta região, para conhecer melhor desde uma empresa pequena e familiar, até marcas mais conhecidas e de larga produção. Assim podemos entender ainda mais o mundo fantástico dos vinhos...


A Quinta da Casa Amarela, uma pequena e charmosa quinta onde o proprietário acredita que os vinhos tem vida e por isso , ouvem música clássica enquanto envelhecem nos barris de carvalho



Na Quinta do Vallado, o vinho é produzido em larga escala para Portugal e para o mundo...






E numa região de tanto trabalho, há que se encantar com as pessoas locais, com os trabalhadores de hoje, com os trabalhadores de outros tempos e com os empresários que nunca deixaram de acreditar no Douro!














Por isso uma viagem ao Douro tem que vir acompanhada de experiências únicas daquela região.
Como aprender a fazer pão, numa padaria artesanal na aldeia de Provesende...

Padaria Fátima
Comer uma sopa reforçada exatamente como comiam os trabalhadores das vindimas em outros tempos...


Fazer literalmente uma viagem no tempo...

atocarro/ônibuls vintage de 1968

Comboio Histórico

locomotiva de 1925
Passeio pelo rio no barco rabelo, os típicos barcos que faziam o transporte do vinho do Porto até V. N. de Gaia...



Participar de um jantar monástico, respeitando todas as tradições desde a sua origem na Idade Média...

Casa do Paço de Dalvares
Provar o vinho em plena fermentação...



ou ainda aprender a trabalhar o barro de bisalhães em Vila Real...



Estamos diante da melhor oportunidade para aprender mais e melhor sobre a região e sobre os vinhos e por isso, o Museu do Douro também é visita obrigatória para quem passar por Peso da Régua.
O museu faz-nos perceber muito mais sobre a história, as características das região, os tipos de uvas, os diferentes vinhos ali produzidos e muito mais...





E como precisamos de mais do que um dia para ver e sentir a região do Douro, saiba que a oferta de hospedagens aumentou sensivelmente para quem quer passar uns dias por lá.
De quando eu vim morar em Portugal e visitei pela primeira vez a região até hoje hoje,  dá para sentir a diferença. Há muitos hotéis e casas de turismo rural para todos os gostos. Todos eles em contacto direto com a natureza. Lugares especiais, onde a paz e a tranquilidade não se alteram nunca.
Estes dias que estivemos por lá, estamos a falar de uma época de maior procura e todos os hotéis tinham alta  taxa de ocupação. A região estava cheia de turistas, mas nada altera a calma daquele lugar tão especial.

Douro Royal Valley:



Douro Palace Hotel

Guest House Casa Calços do Tanha

Hotel Quinta do Casaldronho:






Guest House Casa dos Barros

Hotel Douro Scala:






Vai ser um prazer descrever aqui no blog todos os pormenores destes lugares encantadores que tive o prazer de conhecer. Por isso vale a pena acompanhar esta experiência que recebeu o nome de #odourochama.

E se #odourochamao Porto encanta vai. Acompanhe!


se precisar de informações e sugestões de roteiros escreva para: oportoencanta@gmail.com


10 comentários:

  1. Eu amo teu blog! 😊 Amei o artigo, as fitos...
    Estou entrando neste mundo fascinante dos blog e que tem agregado tanto na vida de muitas pessoas... Principalmente em se tratando de turismo, conhecimentos... Estive pelos vales do Douro no último domingo de setembro... Foi mágico, encantador... Vou escrever sobre este passeio de um dia.... E vou citar uma fala sua? Posso?

    Abraços,
    Gisele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário Gisele. Pode citar sim. desde que coloque crédito deste blog. Obrigada Abraços!

      Excluir
  2. Nossa, que super viagem! Eu vi no snap e fiquei babando. Dá vontade de sair correndo para a região do Douro e fazer tudo isto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vale mesmoa a pena fazer Cristina!
      Obrigada! beijos

      Excluir
  3. Mal posso esperar para conhecer ! Aguardando sua resposta por e-mail, Rita, obrigada!

    ResponderExcluir
  4. Coisa mais linda essa viagem de vcs... tenho que voltar com calma para essa tua terrinha, Rita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esperando você Mage! Para mostrar essas maravilhas

      Excluir