terça-feira, 11 de outubro de 2016

Do Porto para o Museu do Douro.

Tantas vezes fui ao Douro e tantas vezes passei em frente ao Museu do Douro e nunca havia entrado.
Na minha última ida àquela região, na viagem organizada pela AETUR, tive a oportunidade de conhecer e saí de lá sabendo mais um pouco sobre o Douro e os seus vinhos.

Para quem vai para a região do Douro, nada melhor do que uma visita ao Museu do Douro,
Assim que chegar em Peso da Régua, a apenas uma hora do Porto, se for  de carro ou um pouco mais se for de comboio/trem, vale a pena entender melhor a região antes de conhecê-la.



O Museu do Douro está instalado desde 1997 num edifício emblemático que foi sede da Companhia Geral da Agrícola das Vinhas do Alto Douro Vinhateiro, que era responsável pela demarcação da região, determinada pelo Marquês do Pombal, em 1756, e era também responsável pela regulação da produção e da comercialização dos vinho do Douro e do Porto.

E é visitando o Museu que vamos entrar na história da primeira região de vinhos do mundo que foi demarcada. Uma região hoje, classificada pela Unesco como Patrimonio Mundial, pela paisagem cultural, evolutiva e viva.


No Museu encontramos um exemplar do marco pombalino utilizado para demarcar a região...



temos a oportunidade de ver outros exemplares deste marco na Quinta da Pacheca, também no Douro (ver AQUI) e também no Instituo dos Vinhos do Douro e do Porto (ver AQUI), no Porto.

O Museu do Douro é pequeno mas ao mesmo tempo é amplo porque apresenta uma arquitetura moderna  no seu interior, com acessos facilitados para quem tem mobilidade reduzida e um design muito agradável.


Possibilita-nos ver uma série de informações sobre a região. E entender mais sobre os vinhos e as vinhas...



Lá podemos conhecer as pedras predominantes da região e que influenciam diretamente na qualidade das vinhas ali plantadas...

 

Vamos saber que desde sempre, o trabalho no Douro é duro...




E que o rio Douro tinha uma navegação difícil e por isso os barcos que transportavam o vinho até meados do séc. XX eram barcos únicos, construídos especialmente para fazer este transporte...


Vamos conhecer as principais castas plantadas na região, experimentar os aromas que um vinho é capaz de apresentar e saber mais sobre os diferentes tipos de vinhos do Porto...




O universo dos vinhos do Douro e do Porto é imenso, não só na sua comercialização mas no seu espírito e isto podemos perceber melhor quando visitamos a região, conversamos com as pessoas e conhecemos a sua história e tudo o que está a volta do vinho...

exportado para o mundo todo

um vinho único de uma região única


a representação da Confraria do Vinho do Porto

publicidade com história
Na loja do museu podemos encontrar uma variedade de produtos, desde vinhos, bastante literatura sobre a região e os vinhos e uma série de produtos regionais...


E no charmoso jardim, de frente para o rio é possível apreciarmos um bom vinho do Porto, observando a paisagem onde o mesmo é produzido...





fachada do edifício do Museu, que pertenceu a Companhia Agrícola

Uma sugestão para quem vai do Porto para a região do Douro, e quer entender melhor este universo tão especial dos vinhos e do Alto Douro Vinhateiro...



Saiba tudo os horários e bilhetes: AQUI



Se pretende alugar um carro para ir ao Douro, pesquise aqui:



Procure o seu hotel na região do Douro aqui:

Booking.com

Um comentário:

  1. Um dia ainda vou conhecer e me encantar com o Porto e o Douro! Beijos!

    ResponderExcluir