Louise Bourgeois no Serralves.

 

Louise Bourgeois no Serralves

Com a exposição: Deslaçar  um Tormento

As principais obras da artista francesa Louise Bourgeois estão no Museu de Arte Contemporânea da Fundação Serralves e merecem a visita.

Seus trabalho que já estiveram presente nos principais museus do mundo enchem-nos os olhos e mexem com as emoções. Este é o objetivo da artista, que transmite através de sua arte e graças a muitos anos de psicanálise, seus traumas e fortes sentimentos como o medo, a solidão a sexualidade a memória e o inconsciente. Tudo isto fruto da sua relação com os seus pais que tinham uma galeria de tapeçarias e uma oficina de restauros em Paris, onde ela nasceu em 1911. 
Era ainda jovem, com  20 anos, quando perdeu a mãe devido as sequelas da gripe espanhola. Vinte anos depois perdeu o seu pai, o que agravou os sentimentos de abandono, depressão e outros.
Em 1938 Casou com Robert Goldwater, um historiador de arte norte-americano e em seguida muda-se para Nova Iorque. 

Desde 1949 quando fez a sua exposição até a sua morte, Louise Bourgeois teve uma longa carreira, mas  seu trabalho demorou a ser reconhecido. Porém em 1982 foi a primeira artista mulher a ter uma retrospectiva no MoMA - Museu of Moder Art.

Sua longa carreira  foi interrompida em 2010 quando morreu em Nova Iorque. Mas ainda naquele ano pintou à mão seis painéis com tinta, aquarela, lápis e guache.

Louise Bourgeois no Serralves
I Give Everthing Away - 2010


Cada painel tem uma legenda que forma o seguinte texto: " Eu dou tudo | distancio-me de mim mesma | daquilo que mais amo | abandono a minha casa | abandono o ninho | estou a fazer as malas".
Impressionou-me imaginar a artista na fragilidade dos seus 98 anos debruçada sobre aqueles trabalhos.

assinatura de Louise Bourgeois em um de seus quadros


Lady in Wainting de 2003 também é uma impressionante escultura composta por um enorme cadeirão onde um figura está sentada com pernas de aranha projetando-se do seu abdómen e da sua boca saem fios a formar uma teia, numa espécie de metamorfose. Louise Bourgeois via a aranha como uma metáfora do seu próprio processo escultório e via nesta obra, o seu autorretrato. 

instalação da artista Louise Bourgeois no Serralves, um grande cadeirão, uma figura com perans de aranha e fios a sair pela boca


frase da artista Louise Bourgeois impressa na parede do museu de Serralves


Era uma artista multifacetada que criava entre esculturas, texteis, livros, desenhos e instalações arquitetônicas. 

Três obras da artista Louise Bourgeois expostas no museu de  Serralves

Instalação artistica de Louise Bourgeois no museu de  Serralves. Uma prateleira cheia de copos e jarrros de vidro

escultura da artista Louise Bourgeois no museu de Serralves

vários desenhos da artista Louise Bourgeois  espostos no museu deSerralves

The Destruction of the Father de 1974 foi sua primeira instalação. É um verdadeiro cenário teatral. Uma cena forte de vingança dela, sua mãe e seus irmãos  para com o pai adúltero.
Retrata uma fantasia de criança  contra o patriarcado opressor.

Guia explicando uma das obras da artista Louise Bourgeois esposta  no museu de Serralves
A excelente explicação da visita guiada que acompanhei, oferecida pela Fundação Serralves.

Conhecer  as exposições do Serralves, ou de qualquer outro museu, através de uma visita guiada ajuda-nos a compreender muito mais a mensagem passada pelo artista. Mas se na ocasião da sua ida ao Serralves, isso não for possível, na entrada do museu existe um material gráfico super completo que vai enriquecer a sua visita.

No Parque de Serralves é possível visitar a  obra mais icónica de Louise Bourgeois: Maman de 1999. Uma gigantesca aranha de aço e bronze que carrega uma bolsa de ovos de mármores. Uma homenagem à sua mãe que era eficaz como uma aranha, e que também protegia os filhos como a aranha protege seus ovos.

 


Deixo aqui um pequeno vídeo feito na montagem desta complexa instalação nos jardins de Serralves:


 

 
A exposição Louise Bourgeois - Deslaçar de um Tormento, está programada para ficar até Setembro de 2021 na  Fundação de Serralves mas devido a alguns encerramentos provocados pelas restrições da pandemia Covid-19, as datas podem se alterar. Por isso vale a pena acompanhar todas as informações não só desta mas de todas as exposições e atividades no site: www.serralves.pt 


Fundação de Serralves 
Rua D. João de Castro, 210 Porto
Horários, Preços, Agenda e Como Chegar: www.serralves.pt

Comentários

Hotéis e Alojamentos:

Booking.com

Ler Também é Viajar

Em www.bertrand.pt

O Porto encanta nas redes sociais: