quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Monasterium KM 234. Um mosteiro e uma exposição.

Em Matosinhos, nomeadamente em Leça do Balio, encontra-se o belíssimo Mosteiro de Leça do Balio, o belíssimo monumento gótico que durante séculos, tinha o papel de apoiar os milhares de peregrinos que por ali passavam rumo à Galiza, onde encontram-se os restos mortais de Tiago, o apóstolo de Cristo, em Santiago de Compostela.
A partir deste mosteiro os peregrinos ainda tem que percorrer 234 Kms para chegarem ao seu destino. E é este o nome da exposição que conta a história deste mosteiro, as histórias e lendas à volta desta tão importante peregrinação, que dia após dia atrai cada vez mais pessoas que querem viver esta experiência que é fazer o Caminho de Santiago. Monasterim KM 234, fica até 16 de Dezembro de 2018, neste local que hoje é uma propriedade privada, já que em meados do séc. XIX, as ordens religiosas foram extintas em Portugal.




Como peregrina do Caminho de Santiago, não poderia ficar sem ver esta exposição. Veja todo o meu Caminho Português de Santiago: AQUI
A primeira vez que visitei a exposição, foi acompanhando o historiador Joel Cleto, que de maneira muito especial, fala dos Caminhos de Compostela como um verdadeiro peregrino...

Todas as visitas à esta exposição são guiadas. O que a torna ainda mais especial.

As visitas acontecem de hora em hora e duram aproximadamente 50 minutos
Monasterium KM 234, ocupa 8 espaços em 2 pisos de uma parte do mosteiro que desde a sua aquisição, esteve fechada para visitas, sendo possível conhecê-lo apenas nestes meses que acontecem a exposição. Um edifício com as marcas do seu tempo...
Quem é Santiago, as histórias e lendas a seu respeito, como surge o Caminho de Santiago, o peregrino do séc. IX até os dias de hoje. Estes são os temas da primeira fase da exposição.





Por que todos querem ir à Santiago de Compostela?



A história do mosteiro e da sua ordem, a Ordem de Malta, a sua ocupação pelas tropas de D, Miguel, quando este enfrentou o seu próprio irmão, D. Pedro IV/ I do Brasil,na época do Cerco do Porto e a aquisição do Mosteiro a um engenheiro, são os destaques da segunda parte da exposição.


A Sala do capítulo é a sala mais antiga do Mosteiro. Lá muitos peregrinos foram tratados.
E lá encontra-se a escultura criada pelo importante arquiteto Álvaro Sisa Vieira para a Monasterium KM 234.

Vale lembrar também que foi aqui que se realizou o primeiro casamento por amor da monarquia portuguesa. D. Fernando com D. Leonor Teles...


conheça mais sobre a Igreja do Antigo Mosteiro de Leça do Balio: AQUI
Longe da agitação turística e das filas para entrar em alguns monumentos, e a aproximadamente 10 kms do centro do Porto, uma exposição para se encantar!
Não se espante se ver por lá vários peregrinos de Santiago de Compostela. 

Monasterium KM 234

www.mosteirolecadobalio.com 

Até 16 de Dezembro de 2018
de Quarta à Domingo das 9:30 às 18:30 h
Visitas guiadas de hora em hora.
Necessário marcar por + 351 913 502 390

Da Estação de metro Trindade, saem autocarros/ônibus  regurlamente todos os dias que levam ao Mosteiro de Leça do Balio, e é gratuíto.


Vem para o Porto e região?



Nenhum comentário:

Postar um comentário