quinta-feira, 20 de março de 2014

Arquitetura gótica e séculos de história no medieval Mosteiro de Leça do Balio


fachada lateral do Mosteiro de Leça do Balio

Um monumento gótico do séc. XIV

|atualizado em Dezembro de 2020|

Encontra-se me Matosinhos este Monumento Nacional,  templo gótico  construido no século XIV, que desde o ano 900 já existia naquele local um convento dividido em duas partes que abrigava feiras e frades. 
Mas  a partir do século XII passou a pertencer à Ordem-MIlitar dos Cavaleiros Hospitalários. 
É para mim um local muito especial. Não existe na região do Porto uma igreja com uma arquitetura gótica tão preservada, sem nenhuma intervenção de outros estilos arquitetónicos, sem os tradicionais altares barrocos portugueses e sua talha dourada.
O Mosteiro de Leça do Balio é granítico, com o teto em madeira e de uma grandiosidade e imponente simplicidade.

Porta de entrada do Mosteiro de Leça do Balio

corredor central do interior do Mosteiro de Leça do Balio

Escultura e túmulo no Mosteiro de Leça do Balio

vitrais e colunas do Mosteiro de Leça do Balio

pormenores de uma construção gótica

rosácea do Mosteiro de Leça do Balio


A fachada exterior do Mosteiro caracteriza-se muito como uma igreja-fortaleza apresentando inclusive uma torre de caracterização militar, como um castelo. Vai de encontro ao contexto da Ordem do Hospital.

Lateral do Mosteiro de Leça do Balio

varanda de torre militar do Mosteiro de Leça do Balio


Foi uma ordem criada para recolher ali peregrinos que se dirigiam a Santiago de Compostela e à Terra Santa e também atuar contra as invasões mulçumanas predominantes na Península Ibérica que ocorreram entre os séculos VIII e XIII.
Junto ao Mosteiro encontram-se os espaços onde eram acolhidos os peregrinos que por ali passavam .

fonte e porta de entrada lateral do Mosteiro de Leça do Balio


E por isso o Mosteiro de Leça do Balio também me é bastante especial. Fiz ali uma pausa no meu primeiro dia do Meu Caminho de Santiago
Bem ali próximo encontra-se a Ponte da Pedra sobre o Rio Leça e por onde passava a estrada romana que unia o Porto à Braga e por ali passam milhares de peregrinos desde o séc. X até hoje.

Por isso, todos os anos acontece no Mosteiro de Leça do Balio, a Feira Medieval Os Hospitalários no Caminho de Santiago, um evento imperdível que acontece todos os meses de Setembro. E que para além de todas as atrações típicas de uma feira medieval também apresenta várias recriações históricas relacionadas àquele lugar tão emblemático nos arredores do Porto.

Festa Medieval em frente ao Mosteiro de Leça do Balio
Conheça mais: a Feira Medieval Os Hospitalários no Caminho de Santiago


E para além de tudo o Mosteiro de Leça do Balio foi o palco de um casamento real em 1372. D. Fernando I apaixonou-se por Leonor Teles uma mulher que já era casada e tinha um filho e decidiu casar-se com ela de qualquer maneira. Conseguiu anular o casamento e  diante destas circunstâncias adversas e de muitos conflitos políticos, casam-se discretamente no Mosteiro do Balio.
Esta união está imortalizada desde 2011 através da escultura de bronze dos reis executada pela artista Irene Vilar.

Escultura de dois reis e porta do Mosteiro de Leça do Balio


 


Quem visita o Mosteiro de Leça do Balio também pode desfrutar de uma área verde ao seu redor, no Parque das Varas às margens do rio Leça é possível aproveitar para uma caminhada, piquenique ou momentos de diversão para quem estiver com crianças.
Além disso, a poucos metros do Mosteiro encontra-se o Centro Empresarial Lionesa, que surgiu de uma antiga indústria têxtil com o mesmo nome, cuja a atração é o grande painel de street art pintado num extenso paredão e é conhecido como o maior mural de street art do país. 
Os admiradores de arte urbana vão se encantar.

Mural de arte urbana
10 dos mais famosos artista de Portugal pintaram o mural de 1400 metros quadrados.



Veja os posts:

O maior painel de street art na Lionesa

A inauguração do Centro Empresarial Lionesa


Uma espécie de patrimônio "escondido", longe das atrações turísticas do Porto e de Matosinhos mas que merece e muito a visita. Um verdadeiro monumento que fez parte da história e da formação de Portugal. 

Mosteiro de Leça do Balio
Rua de Santos Leça

De Terça à Domingo:
das 9 às 12h e das 14 às 17:30 h


Enquanto não pode viajar para o Porto
Reúna a família e/ou os amigos e
conheça a cidade de maneira diferente:

Escultura de D. Pedro IV no Porto

Mão em azulejos no Porto

Tem viagem marcada para o Porto e Região?

Guia Brasileira no Porto mostrando os azulejos da estação de São Bento para turistas

Quarto de Hotel no Porto



4 comentários:

  1. É muito bonito, mesmo. E no silêncio é ainda mais encantador.

    ResponderExcluir
  2. É um lindo Mosteiro, mas já não faz parte do Porto ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário António Bernardo :)
      Não sei se acompanha o Porto encanta a muito ou pouco tempo, mas se reparar, além do Porto gosto de mostrar os encantos da Região Norte e ainda muitas outras belezas do país que se podem conhecer a partir do Porto. Além do que Matosinhos é muito muito aqui ao lado. Cumprimentos!

      Excluir