sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Igreja do Carmo... o estilo barroco-rococó.

Quem passa  próximo à Reitoria da Universidade do Porto a caminho da Praça de Carlos Alberto não fica indiferente a imensa fachada de azulejos da Igreja do Carmo.
Colocada em 1912 e desenhada por Silvestre Silvestri, esta fachada  representa a imposição do escapulário no Monte Carmelo e também a fundação da Ordem Carmelita, um trabalho incrível na arte dos azulejos...






Mas a Igreja do Carmo foi construída muito antes, em meados do século XVIII, no estilo rococó (visto por muitos como a variação "profana" do barroco), e o seu interior merece ser visitado.


No seu interior encontramos uma belíssima composição entre o granito e a talha dourada...




E apresenta uma lindíssima pintura à óleo no teto...



Detalhes para perdermos uns minutos a admirar, principalmente porque é um trabalho louvável este dos antigos entalhadores portugueses, que eu classifico como arte...






Visitar algumas igrejas europeias é como entrar num museu, porque estão cheias de trabalhos artísticos e de muita história.
No início de 2018, a visita à Igreja do Carmo ficou ainda mais enriquecida com a abertura da Casa Escondida, a menor casa da cidade que foi construída para separa-la da Igreja dos Carmelitas, ali bem ao lado.

Veja mais sobre a Casa Escondida entre as duas igrejas: AQUI
Igreja do Carmo
Rua do Carmo / Praça de Carlos Alberto

Vem para o Porto e região?






Exibir mapa ampliado

Nenhum comentário:

Postar um comentário