sábado, 27 de julho de 2019

As ruínas do Castro de Monte Mozinho.

vista aérea do Castro de Monte Mozinho

E a sua história no Museu de Penafiel.

A aproximadamente 40 kms do centro do Porto fica um dos núcleos que conta-nos parte da história ou do estilo de vida neste território lusitano no período final da Idade do Ferro e inicial do período romano. São as ruínas do Castro de Monte Mozinho em Penafiel, uma das cidades pertencentes ao grande Porto e que está localizada estratégicamente durante o período do Imperador Auguto (séc. I a.C à I d.C.), no caminho romano que ligava Bracara Augusta (Braga) à Mérida (a capital da Lusitânia).
Confesso que quando fui até lá conhecê-lo, não fui com muitas espectativas, esperando encontrar apenas algumas ruínas que não me permitiriam identificar com clareza a certeza de que havia ali um povoado.
A surpressa foi grande e muito positiva quando ao chegar no alto do Monte Mozinho, conseguimos identificar perfeitamente um castro tão antigo.
Mas antes de lá chegar o Centro Interpretativo do Castro de Montee Mozinho, recebe os visitantes com um vídeo tridimensional que nos possibilita a visualização de como seria aquele povoado e o seu modo de vida. Lá também podemos ver maquetes de algumas edificações e cerâmicas encontradas nas escavações arquológicas.

maquete do Castro de Monte Mozinho

ahados arqueológicos do Castro de Monte Mozinho


O que são castros:

Os castros eram povoados situados em locais elevados, com fortes caracterísitcas defensivas. Eram circundados por duas ou três cinturas de muralhas de pedra.
As casas eram circulares. Além das casa de habitação, haviam outros edifícios com funções de organização social, política e administrativa. 
Cada povoado agrupava de 20 a 50 pessoas, a maioria com laços familiares, mas com um chefe.
O pasto de animais, a agricultura de cereais e de produtos agricolas, eram as atividades economicas e ainda completavam a alimentação com a caça.
Fabricavam a cerâmica manualmente. E tinham ritos funerários bem específicos. (historiadora Maria Cândida Proença)

O Castro de Monte Mozinho:

Faz parte da Rede de Castros do Noroeste Peninsular.tem uma área aproximada de 20 hectares de ruínas em granito, a pedra natural da região.
Despertou interesse investigativo no início do século XX através de algumas ruínas visíveis.
Em meados do séc. XX as primeiras escavações possibilitaram a descoberta de uma parte da ocupação dos séculos IV e V, o que levou a conclusão de que a partir do séc. V o povoado foi desocupado.
Os trabalhos foram interrompidos por algumas décadas e retomados em Setembro de 1974. E a partir de então até hoje, muito foi descoberto.

ruínas do Castro de Monte Mozinho

ruínas do Castro de Monte Mozinho


O Castro de Monte Mozinho é um povoado fortificado por 3 linhas de muralhas. Teve várias fases de ocupação, sendo a mais antiga desde o  séc. I e que a partir de metade deste século, passa a ter transformações devido ao conhecimento trazido pelos povos romanos. O estilo de vida vai mudar devido a esta nova ocupação e a partir do séc. II até o V, o Castro vai sendo desocupado gradualmente. 
Além do mapa que recebemos no Centro Interpretativo, as sinalizações nos ajudam a compreender o que ali foi descoberto, como por exemplo: sepulturas, habitações de vários períodos, muralhas, poço, lagar, conjunto de armazenamento e eixo viário.

ruínas do Castro de Monte Mozinho

ruínas do Castro de Monte Mozinho

ruínas do Castro de Monte Mozinho


No Museu de Penafiel:

A visita ao Castro de Monte Mozinho  merece ser complementada a poucos  noquilometros dali, no Museu de Penafielonde existe um espaço dedicado à aquele sítio arqueológico e onde estão guardados todos os objetos descobertos durante as escavações ao longo dos anos.
O museu está localizado no centro histórico de Penafiel num palacete do séc. XVIII que foi totalmente remodelado para receber este que é um dos museus mais interesantes do Norte e que conta-nos a história de um território importante na formação de Portugal. Em salas amplas e modernas a identidade do norte do país, sua cultura, seus ofícios e suas tradições, são apresentados aos visitantes.

achados arqueológicos no Museu de Penafiel

ruínas no Museu de Penafiel

Museu de Penafiel

Museu de Penafiel
Museu de Penafiel
Daquelas visitas que vai encantar quem gosta de história e para quem gosta de sair do turísmo convencional para compreender um pouco mais sobre Portugal, através de seus povos, suas tradições e suas ruínas arqueológicas.

Castro de Monte Mozinho
Monte Mozinho - Penafiel

Museu Municipal de Penafiel
Rua do Paço - Penafiel
www.museudepenafiel.com 

Vem para o Porto e região?








Encontre as ruínas do Castro de Monte Mozinho




Nenhum comentário:

Postar um comentário