domingo, 21 de abril de 2019

A Casa Ramos Pinto, os seus vinhos do Porto e a sua história com o Brasil.

fachada e entrada da casa Ramos Pinto

Mais do que uma cave. Um museu do vinho do Porto.


"Não somos uma cave, somos a Casa Ramos Pinto". Foi assim que fui recebida para conhecer este lugar emblemático que conta a história da Ramos Pinto.
 Apesar de ali estarem envelhecendo mais de 750 mil litros de vinho do Porto, é como uma casa que conta a história dos vinhos do Porto Ramos Pinto, que aquele espaço gosta de ser reconhecido.
E quando estamos na margem do rio Douro no Porto a avistar Vila Nova de Gaia, é impossível não reconhecermos a grande casa amarela da Ramos Pinto, e que realmente parece uma casa. Diferente dos demais armazéns que vemos das outras marcas de vinhos do Porto.
A visita também é diferente das demais. Entramos por aquele edifício com estilo palaciano do século XIX, e somos conduzidos a uma espécie de museu, que vai nos contar a história de Adriano Ramos Pinto um empreendedor, visionário e à frente do seu tempo que fundou a empresa com o seu nome, uma produtora de vinhos do Porto que de imediato entrou no mercado brasileiro, conquistando-o de tal maneira que este passou a ser o seu principal mercado para onde partia metade da sua produção.


fachada da casa amarela da Ramos Pinto

interior do museu da casa Ramos Pinto
o museu 

O espaço museológico da Ramos Pinto é uma autentica viagem no tempo. Tudo está lá desde a sua fundação. Os móveis, os objetos, os livros, e tudo o que tem a ver  com a relação dos vinhos Ramos Pinto e o Brasil, que foi sempre o seu grande mercado no exterior.

expositor com objetos do museu Ramos Pinto

painel de azulejos no museu Ramos Pinto


expositor e quadro - rótulo no museu Ramos Pinto

carta de homenagem de Ramos Pinto para o Brasil.
uma das homenagens da Ramos Pinto ao Brasil, um vinho que levou o nome de Pedro Álvares Cabral

objetos do museu Ramos Pinto

vitral no museu Ramos Pinto

Adriano Ramos Pinto foi sempre um homem de grande cultura, um apreciador das artes e um verdadeiro marketeer da sua época. Os rótulos da Ramos Pinto, até hoje são apreciados pela sua beleza gráfica. Mas o empresário tinha sempre uma preocupação em agradar os seus clientes, e fazia questão de oferecer uma série de brindes além de os receber muito bem na sua "casa".

quadros de antigos rótulos dos vinhos Ramos Pinto

quadro com antigo rótulo dos vinhos Ramos Pinto


publicidade dos vinhos Ramos Pinto no museu Ramos Pinto

objetos femininos no expositor do museus Ramos Pinto

os brindes femininos e masculinos para os seus clientes

objetos masculinos do expositor do museu Ramos Pinto

A seguir, a visita chega aos vinhos. Para além de conhecermos os vários vinhos produzidos pela empresa, podemos circular pela cave que guarda apenas uma parte da produção ( 750 mil litros). A maior parte ( 3 milhões de litros) está guardada em outro armazém também em Vila Nova de Gaia.
Prepare-se então para  provar os vinhos na ampla sala e suas janelas com vista para o Porto.

garrafa antiga do vinho do Porto Ramos Pinto

garrafas antigas expostas no museus Ramos Pinto

cave com pipas do vinho do Porto

sala de provas de vinhos da casa Ramos Pinto

copo de vinho do Porto e quadro com rótulo do vinho do Porto Ramos Pinto

compo de vinho do Porto numa janela com vista para a cidade do Porto

Já disse em vários artigos que escrevi sobre as caves de vinhos do Porto, que não basta visitar apenas uma delas. Todas são diferentes entre si e cada uma tem a sua história e é isso que torna encantador o mundo dos vinhos. Portanto, quantas mais conseguir visitar, mais vai saber sobre a arte e a paixão de um vinho que representa Portugal tão bem.
A Ramos Pinto em particular, vale a visita para saber mais sobre a relação dos seus vinhos com o Brasil.

Av. Ramos Pinto, 400 
V. Nova de Gaia

Reservas pelo tl. +351 936 809 283 / 967 658 980

Vem para o Porto e região?


mãos sobre azulejos em experiência no Porto





quarto de hotel no Porto




Nenhum comentário:

Postar um comentário