quinta-feira, 14 de maio de 2015

Uma doce história de sucesso à moda do Porto. É a Miss Pavlova.

fatia de pavlova, vinho do Porto e vasinho de flores

Da Ana Maio.



Atualizado em Agosto/2020

"Crocantes por fora e macias por dentro, com muitas opções de coberturas e produtos sempre
frescos". É assim que a Ana Maio define as suas pavlovas.

Uma sobremesa deliciosa que apesar do nome russo que lhe foi dado, em homenagem à bailarina Anna Pavlova, é originária do continente australiano.
Mas nas mãos desta jovem empresária do Porto, ela transformou-se na Miss Pavlova.
Esta é mais uma das histórias de sucesso à moda do Porto que eu tenho orgulho em partilhar.

O início: 

Tudo começou  quando a Ana Maio devido à crise entre 2008 e 2012 perdeu o emprego, mas não perdeu a garra.
Passou a vender através da sua página no Facebook essa sobremesa tão famosa entre os seus amigos e familiares. 
Da internet, a Miss Pavlova foi para a rua, nos mercados urbanos da cidade, onde se tornou um sucesso entre os portugueses e turistas.
Dos mercados urbanos, surgiram as propostas para estar com a sua Miss Pavlova em vários eventos.
E a consolidação da marca veio naturalmente.

Tendo seu lado, a mãe Isabel Maio que era seu braço direito e o esquerdo também a Ana Maio era imparável(e ainda é).


trabalho da Miss Pavlova em mercados urbanos
Com a mãe concentradíssimas  e no dia que provei a minha primeira Miss Pavlova
 

A primeira loja:

Mas a  Ana Maio não parou por aí. 
Com muito, mas muito trabalho ela viu o seu projeto crescer e começou a sonhar com um espaço para as suas pavlovas.
Para uma pessoa como ela, os sonhos são para realizar.
E assim surgiu a primeira loja Miss Pavlova num espaço muito charmoso na Baixa do Porto, junto à loja Almada 13.
Um lugar para comer pavlovas acompanhadas de um bom espumante, ou  moscatel ou com uma das várias sugestões de café a preparar.
Foi muito bom saber que a partir de então, a qualquer hora, podíamos comer essas maravilhas na Baixa do Porto...

três pavlovas de sabores diferentes

Entrada da loja Miss Pavlova

mesas com pessoas na loja Miss Pavlova


Da primeira, logo veio o passo para a segunda loja no Norte Shopping em Matosinhos.


Os sonhos nunca acabam:

Ana Maio voltou a sonhar  e desta vez, o desejo era abrir uma loja com a porta voltada para a rua, ali mesmo, na Baixa do Porto. E assim foi. A poucos passos da primeira loja, a Miss Pavlova começou a construção deste sonho onde iria transferir-se para o nº 21 da Rua do Almada. O que aconteceu no mês de Março de 2020.


FAchada onde encontra-se a nova loja da Miss Pavlova


Foram pouquíssimos os dias que a nova loja Miss Pavlova ficou aberta, até que o mundo foi surpreendido com a chegada da pandemia em decorrência do novo vírus Covid-19. Tudo parou e a nova Miss Pavlova fechou. Sem saber ao certo quando iria reabrir. Era preciso  ficar em casa, a cuidar de nós e de todos. 
Com muitas incertezas no ar, mas com uma mistura de sentimentos a lhe passar pela cabeça, a Ana Maio levou a Miss Pavlova para as redes sociais e ficou ainda mais próxima das pessoas. Das que já a conheciam e das que começaram a seguir as suas "lives" no Instagram Stories e os seus vídeos no IGTV partilhando suas receitas a partir da cozinha da sua casa.

 


 

E finalmente a Nova Loja:

Passados 2 meses após o início da pandemia em Portugal e já com as novas regras de segurança sanitária estabelecidas a Ana Maio abriu (reabriu) a sua tão sonhada loja na Rua do Almada, 21. 
Já tive a oportunidade de ir até lá conhecer e provar os famosos macarrons com a assinatura Miss Pavlova. 
Além da loja física, as encomendas para take away e delivery não diminuíram após o desconfinamento e são para ficar.
E as novidades nas redes sociais também não páram, porque a Ana continua com os seus vídeos a ensinar muitas delícias. Basta acompanhar no Facebook e no Instagram.

messas da nova loja da Miss Pavlova

Balcão da nova loja Miss Pavlova

macarrons da Miss Pavlova e copo de vinho rosé
Para combinar com a cor preferida da Ana, o vinho rosé acompanhou os  meus macarrons que eu trouxe para casa


Uma história que encanta. Com muitos capítulos. Mas a Ana Maio mostra-nos que está sempre pronta para continuar, sem baixar os braços!





Miss Pavlova
Rua do Almada, 21 Porto


Vem para o Porto e região?

Quarto de Hotel no Porto





divulgação de passeios e experiências no Porto




6 comentários:

  1. Uma história de encantar e doce.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Octávio Pinto. Obrigada pelo seu comentário.

      Excluir
  2. Uma história de encantar e doce.......

    ResponderExcluir
  3. Adoro a rua do Almada e adoro pavlova, com certeza vou visitar :)

    ResponderExcluir
  4. Rita, eu preciso ( com todas as letras) conhecer esse lugar. Salivei, babei e engordei só olhando pelo computador.
    Meu caderninho será pequeno diante de tantas dicas que vc dá.
    Um beijo.

    ResponderExcluir