sábado, 30 de setembro de 2017

Do Porto para a Festa do Caldo. Para se divertir e... comer tradição!!

Existe perto do Porto uma aldeia preservada, bem ao estilo de como eram as aldeias nas zonas rurais, entre o Porto e o Douro, em Penafiel, com casas de pedras e charme muito charme. Há 30 minutos do centro do Porto.
Estou falando da aldeia de Quintandona que desde o primeiro dia que conheci em 2013, me encantei. Daqueles amores à primeira vista. E sempre que posso vou até lá.
Veja o meu post que conta a história desta aldeia: AQUI.
E desde que conheci Quintandona vou sempre à sua incrível Festa do Caldo. Uma festa que passou a acontecer, quando  a aldeia foi recuperada e para relembrar os tempos em que os trabalhadores rurais daquele zona em tempos difíceis, só tinham praticamente o caldo como principal refeição.


E o caldo é a estrela principal da festa...



mas não só!!

Esta é a melhor festa de aldeia que vou em Portugal... todos os anos. É uma espécie de encerramento do Verão, uma vez que ela acontece sempre no terceiro fim de semana de Setembro.
Deslocam-se para Quintandona pessoas de toda a região Norte e de Espanha. A música, as artes performativas, o artesanato, agradam a toda gente de todas as idades. Todos são iguais na Festa do Caldo e estão todos lá com ótima disposição.








 As casas dos moradores transformam-se em tasquninhas, cheias de... delícias tradicionais!
E a decoração é pensada ao pormenor.







E por isso a Festa do Caldo faz questão de dizer que consegue aliar a diversão  com boa gastronomia e daquelas bem tradicionais.
Famílias e grupos de amigos juntam-se para comer na Festa do Caldo, os melhores petiscos da tradição portuguesa, enquanto música e animação vão passando pela aldeia...







A Festa do Caldo é super fotogénica e quando damos conta, estamos a fotografar... tudo!!!





Anote no seu calendário. Todos os anos, em Setembro  no 3º fim de semana, uma forma genuína e fantástica de despedir-se do Verão.
Se a sua viagem ao Porto acontece  neste período. Não pode perder. E se vive na cidade, também vale a pena acompanhar. a programação:


Porque Quintandona e a Festa do Caldo... Encantam!







sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Sabores, tradição e arte no renovado Mercado Beira-Rio.

Fica em V. Nova de Gaia, à beira do rio Douro, de frente para o Porto e ao lado das caves do vinho do Porto.
Surgiu em 1937, mas acaba de receber uma roupagem completamente diferente.
Um local para comprar produtos frescos, provar bons petiscos e vinhos portugueses e não só!
Bem-vindo ao Mercado Beira-Rio, um lugar que vale a visita, tanto para quem vem visitar o Porto e região ou para quem vive por aqui...


Um mercado cheio de histórias e sabores.
Desde 1868, por ali funcionava um mercado ao ar livre. Em Vila Nova de Gaia, assim como no Porto, a tradição dos mercados sempre foi  muito importante.
Antes do edifício atual que foi construído em 1904, o "Mercado da Praia" apenas tinha grades de ferro, e não possuía cobertura.
Em 1937 passou a ser o Mercado Beira-Rio.
A última vez que lá estive, foi em 2015 na ocasião da I Beinal de Arte de Gaia, quando as obras de arte se misturavam com os produtos frescos...

ver o post: AQUI
O certo é que de lá para cá muita coisa aconteceu, o mercado fechou para remodelação e reabriu a semana passada, com uma cara completamente nova!
E no prazo de uma semana já lá estive duas vezes. 


A primeira, na ocasião da inauguração e depois acompanhando uns turistas brasileiros, que depois da visita a uma cave de vinho do Porto, lá se instalaram ao fim da tarde para provar as delícias portuguesas. Afinal, qual o turista que não adora um mercado e os sabores portugueses?


em tarde de inauguração
Os petiscos e a tradição portuguesa não faltam por ali...





Mas sabores italianos, japoneses, os vegetarianos e os hamburguers também agradam aos que gostam de variar...



e os doces também...



No centro do mercado, os clientes porem experimentar e aprender a tirar a sua própria cerveja numa espécie de central de vários tipos de cervejas...


Mas... a tradição mantém-se no Mercado Beira-Rio. Os produtos frescos continuam a ser vendidos por lá.
No dia da inauguração estive à conversa com algumas das vendedoras, que se mostraram satisfeitas com as mudanças e que estavam a espera que mais pessoas apareçam para comprar.
Quem resiste a simpatia das senhoras do mercado e a frescura dos seus produtos?



Maravilhosos pães portugueses!






Histórias de famílias que sempre viveram do mercado...



Junta-se a tudo isso... música, poesia,exposições de arte e bons momentos de convívio com amigos. Basta escolher a mesa. No próprio vão central, ou nas esplanadas do lado de fora...




na ruela por de trás do mercado



ou de frente para o rio e o Porto
Fica a sugestão para quem atravessa a ponte para ir às caves do vinho do Porto ou para passear na outra margem do rio. Mas também para os locais que adoram bons momentos... nos mercados locais.

www.mercadobeirario.pt