quinta-feira, 29 de junho de 2017

São João do Porto. A maior festa popular de Portugal.

Imagine uma cidade onde num dia e numa noite, as pessoas estão em quase todas as ruas. Nas mais conhecidas do Centro Histórico,  nos arredores e em todo lado.
A fazer o que?

A assar sardinhas, a ouvir música e a dançar, ou simplesmente a andar por andar. Algumas de mãos vazias, outras com um martelo de plástico na mão a baterem na cabeça de uns aos outros.
Sozinhos, em grupos de amigos, em casais e em famílias. Muitas familias.

Imagine uma festa cheia de tradições, onde jovens e velhos, crianças e adultos, homens e mulheres, fazem questão de cumprir. Há anos.
E que os turistas fazem questão de conhecer e seguir,

Imagine uma festa em que milhares e milhares de pessoas escolhem onde ir, vão se divertem e voltam para casa horas depois, ou apenas no dia seguinte. E que tudo acaba bem.

Imagine um lugar mágico chamado Ribeira do rio Douro, onde também milhares e milhares de pessoas se aglomeram à espera da meia-noite, quando os fogos de artifícios iluminam o céu do Porto, de Gaia, de Portugal e do mundo.

Sim, são pessoas de todo o país e de todas as partes do mundo que a cada ano que passa se encantam com o São João do Porto. A maior festa popular do país.

Que mistura a fé  religiosa, com os simbolismos de uma festa pagã. Onde se celebra o solstício de Verão e se enaltecem os 4 elementos da natureza. A Terra, representada pelo manjerico e o alho-porro, a Água representada pelo rio Douro e pelo Mar, o Fogo representado pelas fogueiras e pelo fogo de artifício da meia-noite e o Ar, representado nos balões, que este ano foram proibidos, a pensar nos violentos incêndios que aconteceram uma semana antes da festa.

Em casa, nos hotéis, nos restaurantes, nas ruas, em todos os lugares, o São João do Porto é uma festa de alegria e para se comemorar. É uma festa popular, e por isso é das pessoas, para as pessoas.

O dia de São João é dia 24 de Junho, mas é na véspera que tudo começa. Ao meio da tarde, de mansinho... as pessoas vão se instalando onde lhe der mais jeito...



Quem já mora na beira do rio, nem precisa sair de casa...



O destino do meu São João deste ano era a Ribeira, o lugar mais cobiçado da festa em virtude da queima dos fogos de artifício, mas não pude deixar de passar pelas Fontainhas, o lugar mais emblemático, onde dizem que foi lá que começaram as primeiras festas de São João, e onde lá está ele a abençoar todos que passam...


Por lá a festa começa cedo!




Não falta nada para ser um São João como deve ser...





Seguindo o meu caminho, ainda tive tempo de ouvir todos os sons e sentir toda a energia da Rua das Flores...






Alguns turistas ainda não estavam a entender muito bem o que iria se passar...


Mas quando se chega na Ribeira, sente-se talvez o inexplicável... um "frenesi".
Todos os sons, todos os aromas.




Os meus sabores do São João foram os mais tradicionais!
Servidos no restaurante Fish Fixe,  ali bem ao lado da Ponte Luis I...



Todos falam das tradicionais sardinhas, mas outra tradição que não pode faltar é o bom caldo verde!

A partir daí tudo o que vem é muita diversão, convívio e muitas marteladas nas cabeças!
Aqui um pouco do espectáculo mais esperado do dia:


Mas o São João do Porto não fica por aqui... há bailaricos por toda a parte. Na Av. dos Aliados há concertos, há passeios até a Foz para o primeiro banho de mar do ano, ao amanhecer. Festas privadas e muito mais!!

Desde que comecei o blog, a cada ano, escrevi um pouco sobre o São João do Porto.
Sobre como é o ambiente da cidade, durante a preparação desta festa...

ver o post: AQUI

ver: AQUI

Sobre os manjericos...

ver:AQUI e AQUI

Sobre as cascatas...

ver : AQUI e AQUI
um recanto genuíno onde se comemora o São João de verdade...

ver o post: AQUI
A tradicional Regata dos Barcos Rabelos no dia 24/06...

.:
ver: AQUI
E sobre a sensação gastronómica do São João; as sardinhas...


ver AQUI

A festa nem acabou e já todos pensam na do próximo ano. Por isso, se puder estar por cá no mês de Junho fica aqui algumas dicas para quem vem passar o São João no Porto:

Hospedagem:
Reserve o seu local de hospedagem com bastante antecedência, as lotações dos hotéis e apartamentos turísticos é praticamente 100 %.

Quando chegar:
Apesar das festas se concentrarem nos dias 23 e 24 de Junho, a programação da cidade em volta do São João é extensa e começa já em Maio. Há muitas atrações que valem a pena acompanhar.
Para além disso, andar pela cidade na semana que antecede a festa, é sentir todos a se prepararem para o grande dia. O ambiente na cidade é fantástico.

Onde e o que comer:
Todos os restaurantes da cidade, preparam menus com os pratos tradicionais do São João. Mas lembre-se que assim como os hotéis, é preciso reservar com antecedência.
Fora isso, praticamente todas as zonas da cidade onde a tradição é comemorar na rua, há sempre um "arraial" com todas as delícias.  Sardinhas, febras (carne), caldo verde, farturas/churros são os pratos principais. Como a noite é de verão, a cerveja e a sangria são as bebidas preferidas. Mas água é indispensável porque o Verão por cá é muito quente.

Transportes:
Utilize sempre os transportes públicos nos dias 23 e 24/06, as empresas oferecem horários alargados.
Mas se der, procure andar o máximo à pé. Só assim, vai conseguir sentir o clima da festa.

Segurança:
É incrível como uma festa desta dimensão, não traz nenhum tipo de perigo à população, mas é claro que alguns cuidados são preciso, principalmente no que diz respeito a carteiras, malas e bolsas. Aí sim, todo o cuidado é pouco.
É sempre importante evitar locais com muita concentração de pessoas. E identificar as crianças, no caso de se perderem, 

Programação da Festa:
Quando chegar na cidade, dirija-se aos Postos Oficiais de Turismo e você vai encontrar a programação de todas as atividades. 
E se quiser saber com antecedência, pode ver em: www.portolazer.pt 

O São João do Porto é daquelas festas que está no "Top Ten" das festas imperdíveis no mundo.
Daquelas que pelo menos uma vez na vida você tem que participar.

Porque o São João do Porto... encanta!










2 comentários: