segunda-feira, 11 de julho de 2016

Mais uma história de "amor". Desta vez com a Seleção de Portugal.

O meu momento especial  da noite de ontem, depois de Portugal ter ganho o Campeonato Europeu de Futebol, o #euro2016, foi telefonar para o meu pai, que nasceu cá, no país onde eu vivo, mas que vive lá, no país onde eu nasci... para dar-lhe os parabéns, pelo seu primeiro título de Campeão.
Incrível... eu e o meu pai, já vimos o Brasil ser campeão muitas vezes, mas o meu pai, com 84 anos, nunca viu Portugal ser campeão... nem ele e nenhum outro português. Mas ontem, todos viram.
Por isso, eu estava feliz, radiante! Assim como eu cresci e vivi, vendo o meu pai ficar feliz com as vitórias do Brasil, lá no país que ele escolheu para viver e que o acolheu tão bem, eu também explodi de alegria quando Portugal, o país que eu escolhi para viver e que me acolheu tão bem... foi campeão.

Por isso, aquela final de ontem foi tão especial. Tantos portugueses escolheram a França para viver e estavam lá... vivendo tantas emoções... por dois países.

Só quem emigra. sabe... não é mesmo pai?

As minhas emoções começaram quando durante os últimos dias, resolvi partilhar com os seguidores do o Porto encanta, a grande ansiedade que eu e milhões de portugueses e outras pessoas que aqui vivem, sentíamos a cada vez que a possibilidade de Portugal estar na final, se aproximava.

Facebook, Instagram, Twitter e Snapchat foram os meus canais de comunicação com os brasileiros espalhados pelo mundo.
E assim, como aconteceu no ano passado, quando o FC Porto derrotou o poderoso Bayern de Munique no Estádio do Dragão...

veja neste post: AQUI
começamos a interagir em tempo real antes, durante e depois do grande jogo entre Portugal e a França.
Que emoção saber que a Seleção de Portugal é tão querida em vários cantos do mundo!












E por que a seleção portuguesa conquistou o #euro2016 e o coração de tantas pessoas?
Porque como todas as seleções desta edição deste campeonato, Portugal também não jogou um futebol brilhante. Mas... ninguém jogou.
O que fez a diferença foi a garra. A força mental. E assim como Portugal, destacaram-se a Islândia e o País de Gales, ambos jogavam com raça. Como guerreiros.

Quem não se impressionou com o "grito de guerra" da Islândia?

foto:noticiasaominuto.com

E foi assim... com luta, dor, sentimento e união que Portugal venceu e conquistou o mundo!

foto: lance.com.br
Para a nossa alegria. 
Minha, do meu pai, de tantos portugueses e de tantos não-portugueses encantados... por Portugal.

Por isso, fica aqui o convite: venham conhecer este país que tão facilmente conquista o coração de muitos. Venha também se apaixonar por este país tão sentimental.
E já sabe: o Porto... encanta! Fica bem ao Norte e é lindo!






Nenhum comentário:

Postar um comentário