domingo, 24 de janeiro de 2016

Do Porto para... Santa Maria da Feira. Na Festa das Fogaceiras.

A Viagem Medieval é sempre um bom motivo para ir à Santa Maria da Feira, a aproximadamente 40 kms do Porto. A maior feira medieval do país é programa quase que obrigatório para quem está no Norte de Portugal em Agosto. (veja dois post do blog a respeito: AQUI e AQUI).

E agora em Janeiro descobri que há outro bom motivo para ir até lá: é a Festa das Fogaceiras uma tradição que já acontece há mais de 500 anos! Incrível!
Em 1505 uma peste tomou conta da região e matou quase metade do povo da Terra de Santa Maria, as pessoas fizeram um voto a São Sebastião pedindo proteção e prometendo que todos os anos, no dia 20 de Janeiro seria feita uma procissão em sua homenagem e a oferta do pão que  era produzido em Santa Maria da Feira: a fogaça...


Um pão doce, muito utilizado naqueles tempos e que até hoje é famoso em Santa Maria da Feira, tendo inclusive no formato, a representação  das quatro torres do seu Castelo





E no dia 20 de Janeiro fui conhecer esta tradição. A procissão que sai das proximidades do Castelo e passa por todo o centro da cidade, vai em direção à Igreja Matriz, atrai milhares de pessoas, que começam a chegar horas antes do início da procissão e vão se posicionado para terem uma melhor visão...




Assim como na Viagem Medieval, a cidade se veste a rigor para a passagem das Fogaceiras...




O orgulho está nos trajes, nos olhares, e na postura de quem vai fazer parte desta procissão...








Pela procissão passam várias representações de Santa Maria da Feira, mas são as meninas Fogaceiras as mais esperadas.
Muitas, muitas meninas da região orgulhosamente passam com as fogaças na cabeça, em devoção a São Sebastião...



O traje branco representa a simplicidade que é a essência de toda aquela homenagem, a São Sebastião, à fogaça e ao povo de Santa Maria da Feira...

o orgulho de ser Fogaceira passa pela vida das pequenas meninas daquela terra, desde há 500 anos!



A seguir,  os diversos grupos folclóricos também representam as tradições... as simples e as mais nobres...




nestas terras, as tradições são seguidas desde cedo

pormenores lindos nos trajes!


A esta altura, o centro de Santa Maria da Feira está totalmente ocupado...



E é hora de irmos às fogaças!




Na feira, que acontece em virtude da Festa e nas casas especializadas, para levar para casa ou ainda para acompanhar com um bom chá no fim da tarde...


No café Museu Vivo da Fogaça, bem no centro de Santa Maria da Feira, um lugar charmoso e bastante confortável é um excelente lugar para experimentar este símbolo de uma história da cidade.

esta versão moderna, recheada com chocolate é fantástica!

A fogaça de Santa Maria da Feira, é daquelas coisas que temos que viajar para comer.
E eu adoro, comer coisas que representam imenso um lugar e uma história, como esta da fogaça.
Uma história que encanta! E com mais de 500 anos!

Marque na agenda: 20 de Janeiro é dia ir a Santa Maria da Feira, na Festa das Fogaceiras.
Mas pode ir até lá a qualquer altura do ano, comer as deliciosas fogaças.




Nenhum comentário:

Postar um comentário