terça-feira, 11 de agosto de 2015

Do Porto para... um refúgio em plena #Viagem Medieval

A Viagem Medieval 2015, acabou no último Domingo e superou todas as expectativas.
Durante 11 dias, todos os caminhos levaram a Santa Maria da Feira. Mesmo aqui ao lado do Porto, a cidade que abriga a maior feira medieval de Portugal transforma-se num autentico cenário de outros tempos.
Já lá vão 19 edições e sempre a melhorar.

A Viagem Medieval, recebe milhares de pessoas todos os anos.
Ninguém resiste a esta grande festa repleta de alegria, música e dança...




As recriações históricas chamam a atenção porque são verdadeiras produções artísticas...



personagens circulam o tempo todo por entre o público na feira...





Inúmeras atividades  paralelas acontecem por toda a parte...


oficina de pintura em  azulejos na Loja Oficial da Viagem Medieval

aprender a fazer objetos em cortiça no espaço do Museu de Lamas 

E é claro, a gastronomia medieval, ou não, é um dos principais atrativos da feira...







O ponto alto é visitar o famoso Castelo de Santa Maria da Feira...




Diferente do ano passado, onde eu andei a explorar toda a Viagem Medieval (ver o post AQUI), este ano optei em "fugir" da confusão e do reboliço da feira nos Banhos Públicos de São Jorge...



Um autentico refúgio em plena Viagem Medieval. O cenário é a Quinta do Castelo. Uma área verde afastada do centro da feira, onde é possível fazer uma pausa para relaxar e repor as energias para seguir a "Viagem".

A ideia é recriar as práticas termais em tempos medievais, onde os guerreiros faziam as suas pausas para banhos e relaxamentos.

Em terras de Santa Maria, encontra-se uma das mais famosas termas do país. As Termas de São Jorge possui tratamentos termais para vários problemas de saúde. E aproveitar estes benefícios em plena Viagem Medieval é um privilégio.

Uma grande tenda afastada do caminho principal para o Castelo, chama a atenção...


Dali para dentro, entramos num mundo à parte da Viagem Medieval e só ouvimos o som da natureza e de um harpa... muito suave.





Ali, fala-se baixo, muito baixo. A quietude  faz parte do relaxamento.
Algumas tendas recriam as práticas ancestrais dos termalismos. A água a pulverizar nas pernas e o contacto com aquelas pedras no chão, são extremamente relaxantes, depois de alguns minutos, não queremos mais sair dali...


A seguir, outras tendas estão à espera para relaxar ao som da harpa e tomar um bom chá...



e massagens... sim, os guerreiros medievais também relaxavam com massagens.


Uma oportunidade única para conhecer a gruta da Quinta do Castelo de Santa Maria da Feira...



Um recanto muito especial em plena festa da Viagem Medieval... Imperdível!




Fica a dica já para 2016 na 20 ª edição da Viagem Medieval.
Para quem vem ao Porto no próximo Verão, ou para quem vive na cidade e região, vale a pena ir à maior feira medieval do país e aproveitar para fazer uma pausa nos Banhos de São Jorge, ali mesmo, à beira do Castelo de Santa Maria,
Sempre no início do mês de Agosto.

Acompanhe em:
www.viagemmedieval.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário