segunda-feira, 16 de março de 2015

Ruas com história... a Rua dos Mercadores.

Quem gosta de explorar o Porto por caminhos menos convencionais e gosta de imaginar um Porto dos tempos medievais. Vai adorar andar pela Rua dos Mercadores.
Uma rua escura, estreita, chão de pedras, que vem lá da parte alta da cidade no morro da Sé, nomeadamente na Rua da Banharia até a  Ribeira...




Era uma rua importantíssima naquela época (século XIV e XV). Fazia parte de um eixo vital da cidade, porque estava entre a zona ribeirinha, por onde chegavam as mercadorias no rio Douro e o burgo episcopal, na Sé.
Recebeu este nome, porque foi justamente nesta rua que se instalaram os mercadores e comerciantes, em casas muito bem construídas em pedras, de 3 ou 4 pisos chamadas de casas-torres.

Nos dias de hoje, é difícil imaginar que esta era a rua mais aristocrática da cidade, onde moravam os mais ricos homens de negócios...





No princípio do séc. XVI, o rei mandou abrir a Rua das Flores, que unia também a zona ribeirinha com a a região onde se encontra hoje a Estação de São Bento. Foi construída para ser uma rua elegante, com comércio nobre. E por isso a Rua dos Mercadores foi perdendo a sua força. Diferente da maioria da cidade, onde as casas eram alugadas, na Rua dos Mercadores as casas eram de propriedades dos seus moradores e pouco a pouco foi ficando ao abandono...


exemplo de uma casa-torre 


Mas... eu, e tenho a certeza de que muitos turistas que por lá passam (e são mesmo muitos que andam por ali com mapas na mão), olhamos para tudo aquilo e começamos a fazer uma viagem no tempo.
É impossível não se impressionar com as marcas do tempo na Rua dos Mercadores.

Aqui, o edifício que foi o Hospital-Albergaria, recebeu por muitas vezes os peregrinos de Santiago de Compostela...


Os pormenores desta rua encantam... porque são muito antigos...







além das marcas do tempo, há também as marcas de um Porto típico...






Mas nem tudo é abandono na Rua dos Mercadores...





 já há vários prédios restaurados...


há boa vizinhança...




também há muitas cores por lá...







e os turistas não param de circular...


À medida que vamos nos aproximando do rio, a luz da Ribeira, começa a iluminar a Rua dos Mercadores...



e já encontramos mais lojas e mais alegria. Parece que a boa energia da Ribeira começa a subir por ali...







E é à esquerda que encontramos o acesso a Rua de Baixo que vai nos levar ao Barredo e as suas escadas.
Um outro passeio encantador que pode ser visto neste post: AQUI


Se gosta de conhecer os lugares que foram importantes na história de uma cidade, vai adorar andar pela Rua dos Mercadores e vai se encantar com as marcas do tempo que por ali encontramos.
Marcas de um Porto medieval, mercantil e que... encanta!

6 comentários:

  1. Gosto muito deste trabalho de divulgação das ruas do Porto.
    Contudo gostaria de fazer uma pequena correcção : .....quando no século XVI foi mandada abrir a rua das Flores .....Esta não ligava à Estação de S. Bento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Octavio. vou agora mesmo fazer a correcção.

      Excluir
  2. Adorei a história e as fotos! Como é bom saber mais do Porto...que muito me encanta!

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito. Muito bem´feito. É necessário divulgar.

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito. Muito bem´feito. É necessário divulgar.

    ResponderExcluir