domingo, 30 de abril de 2017

Os mais belos monumentos do Porto ao som do Festival In Spiritum 2017

O Festival In Spiritum está de volta ao Centro Histórico do Porto, e  como disse o seu diretor artístico, o maestro Cesário Costa, na sua apresentação,  este é um convite à descobrir ou redescobrir alguns dos principais monumentos da cidade através de um "roteiro musical e histórico"  onde serão apresentados através de vários e excelentes artistas, um repertório único e específico dedicado a cada espaço que vamos apreciar ao  longo de 4 dias, de 11 à 14 de Maio.

No dia 11 de Maio, o belíssimo Salão Árabe do Palácio da Bolsa, vai receber o concerto de música árabe  Os Poemas de Alhambra com Eduardo Paniagua, especialista em música espanhola medieval e El Arabi Ensemble de música andaluza.

O Salão Árabe do Palácio da Bolsa, cuja construção foi inspirada no Palácio de Alhambra em Granada, vai receber um concerto de música árabe

No dia 12 de Maio, o Festival In Spiritum continua mesmo ali ao lado do Palácio da Bolsa, na Igreja de São Francisco, um monumento que apresenta um dos mais belos trabalhos da arte da talha barroca em Portugal e que vai receber o  concerto de música barroca Fulgores do Barroco Português, através do Ludovice Ensemble, um grupo especializado na interpretação de Música Antiga, que existe desde 2004, sediado em Lisboa, e é formado por artistas de diversas parte do país e estrangeiros também.

música barroca para apreciarmos o melhor da arte da talha barroca portuguesa, na Igreja de São Francisco 
Ao fim da tarde do dia 13 de Maio, é a vez do Museu Nacional Soares dos Reis receber o Quarteto Rosário para o concerto Soares dos Reis e a música do seu tempo. Um grupo de jovens artistas que vão interpretar obras de compositores que viveram no mesmo período de Soares dos Reis.

na Galeria das Esculturas do Museu Soares dos Reis, vai-se ouvir um recital de música de câmara

No mesmo dia 13 de Maio, mais à noite é a vez de ir até à belíssima  Sé Catedral do Porto ouvir o concerto a dois órgãos Diálogos. O órgão do Evangelho vai ser tocado pelo músico Rui Paiva e o órgão da Epistola por António Esteireiro, um repertório que vai dar destaque às músicas da Península Ibérica.

um concerto a dois órgão e um conjunto de obras bastante variado  na imponente Sé Catedral

No dia 14 de Maio, ao meio-dia, o "roteiro musical e histórico" segue para o outro lado do rio Douro, nas caves do vinho do Porto, que também é um patrimonio português, onde o  Festival In Spiritum vai homenagear uma das mulheres marcantes da história do vinho do Porto, Dona Antonia Adelaide Ferreira.
Nas Caves Ferreira, Ana Maria Pinto e David Santos vão apresentar o recital de canto e piano A Ferreirinha e as compositoras do seu tempo.

por entre os barris e os tonéis de vinho do Porto, uma bela homenagem a uma mulher forte e marcante na história do vinho do Porto e às compositoras do seu tempo

E para encerrar esta viagem no tempo e nos espaços emblemáticos da cidade do Porto, a Igreja dos Clérigos vai receber o concerto de encerramento As Quatro Estações: Vivaldi/Piazzolla.
Pedro Meireles no violino e Gonçalo Pescada no acordeão vão estabelecer uma ligação entre o edificio idealizado pelo arquiteto italiano Nicolau Nasoni e a música do mesmo período do italiano Antonio Vivaldi, seguido da versão das mesmas quatro estações, na interpretação de Astor Piazzolla

o Ensemble do Festival, vai encerrar com música de compositor italiano, num monumento projetado por um arquiteto italiano. um gran finale.


Se vai estar no Porto entre os dias 11 e 14 de Maio/2017 não pode perder esta oportunidade de visitar estes espaços tão históricos da cidade acompanhado de uma belíssima viagem musical.

In Spitirum - Festival de Música do Porto
Facebook/inspiritum


Bilhetes on line: AQUI










Nenhum comentário:

Postar um comentário