segunda-feira, 27 de março de 2017

Do Porto para... o enoturismo e os vinhos da Quinta de Santa Cristina.

Foi num dia especialmente diferente, ainda no Inverno em meados de Março, mas com temperaturas de Verão que conheci a Quinta de Santa Cristina.
Um dia perfeito para provar vinhos verdes, andar por entre as vinhas e conhecer duas mulheres fantásticas: a Liliana Pereira, responsável pelo enoturismo e a Monica Pinto, a filha dos donos da Quinta de Santa Cristina e que levou um projeto à frente com muita vontade e perseverança.
E que hoje podemos visitar, a partir de uma viagem curta de aproximadamente uma hora a partir do Porto.


Pela auto-estrada A4 chegamos tranquilamente até Celorico de Basto, onde dizem que o Minho muda de cor...já que estamos entre a região do Minho e Trás-os-Monte, onde inicia a região do vale do Douro...



Entre as serras e montes desta região, um total de 50 hectares de vinhas e florestas é o convite para um dia de enoturismo muito especial na Quinta de Santa Cristina...




por entre as serras de Fafe, Marão e Alvão
As boas vindas não poderiam ser melhores. Um espumante rosé, 2 anos,  com  as deliciosas cavacas, os doces conventuais da região, vieram acompanhados da história da família que começou quando o  pai transmontano da Monica Pinto, e a mãe, de Celorico de Basto, conheceram-se num São João do Porto, a festa mais popular do norte de Portugal. Namoraram, casaram e vieram viver em Celorico.
Desde 2004, a Quinta de Santa Cristina, produz vinhos e a partir de 2013 a Monica acreditou no potencial daquele lugar para o enoturismo. E desde então recebem turistas para diversas atividades.


Uma delas, tive o grande prazer de participar: plantar a minha própria vinha...



Uma honra saber que daqui a 3 anos, a vinha que plantei já vai dar uvas!  



Esta atividade acontece o ano todo, mas em épocas de colheita, os visitantes também podem participar das vindimas.

Depois, seguimos por um percurso guiado por entre as vinhas. Que pode ser de 1,5 km ou de 4,8 km, para os mais dispostos a longas caminhadas. E ainda para os amantes de aventuras mais radicais a Quinta de Santa Cristina, organiza pacotes que podem juntar o enoturismo com o turismo de aventura. A região é perfeita para isso.

Fiquei com a opção de passear pelas vinhas, já que para mim, era uma oportunidade para ver de perto os primeiros rebentos do que será a nova safra que vem por aí...

as vinhas no Inverno também tem a sua beleza muito especial

Acostumada a ver as vinhas sempre na Primavera, Verão e Outono, faltava-me admirar de perto este processo da arte de cuidar delas após o descanso da última colheita. Quando elas ficam prontas para um novo despertar, na vida de uma vinha...


O nome da Quinta, está relacionado com a Santa Cristina, uma santa cuja história nos é contada enquanto nos dirigimos à pequena capela, localizada bem próximo dos armazéns onde os vinhos são produzidos, e que também está relacionada com a história da família... por isso, merece a visita.


No armazém ficamos a conhecer todo o processo de produção dos vinhos  e ainda temos a oportunidade de apreciar a belíssima paisagem que envolve a Quinta, no topo do edifício...



uma paisagem de aproximadamente 300 a 400 mts de altitude!


Depois de tanta beleza, a melhor parte está por vir... a prova dos vinhos com produtos típicos da região. Podemos chamar de o encerramento com chave de ouro...

Queijo terrincho - 90 dias de cura, broa de milho, chouriça de vinho, presunto e uma compota divinal de pétalas de rosa 

e os vinhos: Branco Escolha, Rosé e Alvarinho

A visita também pode terminar com um piquenique à sombra de uma árvore na própria Quinta ou ainda num restaurante regional a poucos minutos dali, tudo sempre à combinar com antecedência.

Todas as informações e marcações podem ser feitas através dos contatos:

enoturismo@garantiadasquintas.com

tl. +351 912 527 396
no site encontra sempre as atividades da Quinta de Santa Cristina:
www.garantiadasquintas.com

Pode ver aqui alguns momentos transmitidos em direto nas redes Snapchat e Instagrm Stories:


Fica a dica... fazer enoturismo e conhecer ainda mais sobre os vinhos verdes, a poucos quilómetros do Porto. Vai se encantar!







Nenhum comentário:

Postar um comentário