quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Rua de Santa Catarina. A rua das compras e muito mais!

Para quem vive no Porto esta é uma rua que dispensa apresentações.
Mas para quem vem visitar a cidade, a Rua de Santa Catarina é passagem obrigatória.
Quem não dispensa uma boa sessão de compras nas suas viagens, está no lugar ideal...




Mas é também aqui que se encontra o café que todos querem conhecer. O Café Majestic...



veja um post sobre o belíssimo Café Majestic: AQUI
A história da Rua de Santa Catarina começa aqui, na Capela das Almas, a linda igreja de azulejos na fachada dedicada a Santa Catarina de Alexandria. Quem por ali passa, não consegue ficar indiferente...


Na região onde hoje está a Rua de Santa Catarina e a rua ao lado, a de Sá da Bandeira, existia uma quinta que teria uma pequena capela dedicada à Catarina de Alexandria. Desta quinta seguia um caminho até uma das portas da Muralha Fernandina, que veio a ser chamada naquela altura de Rua Nova de Santa Catarina.
Com o novo planeamento urbano da cidade implementado pelos Almadas (uma família que se dedicou ao urbanismo e ao crescimento da cidade do Porto), a rua se estendeu até onde encontra-se a Praça do Marquês.



Nos dias de hoje, a Rua de Santa Catarina é o principal centro comercial a céu aberto da região do Porto.
Mas é da Rua Fernandes Tomás, esquina onde se encontra a Capela das Almas até o Largo da Batalha que a rua fervilha! Para cima e para baixo um mar de gente a circular...



Na rua e nas esplanadas, há sempre muita gente por lá...


É a rua do comércio tradicional da cidade
Lojas de todos os artigos e muitas marcas estão presentes na Rua de Santa Catarina...


Para se ter uma ideia desta tradição, foi na Rua de Santa Catarina no Porto que abriu a primeira loja da Zara fora da Espanha. E ela está lá até hoje.

Mas não são só as lojas tradicionais, as marcas famosas e o Café Manestic que chamam a atenção na Rua de Santa Catarina.
Vendedores e artistas de rua estão sempre por lá...









Apesar do movimento intenso, há que se olhar atentamente aos detalhes da arquitetura tanto das fachadas dos edifícios como as belas calçadas portuguesas...

 



fachadas com assinaturas do arquitecto autor da obra

Varandas... muitas varandas!




Marcas do tempo...





Na Rua de Santa Catarina, clientes habituais frequentam determinadas lojas e cafés há décadas!



O Grande Hotel do Porto, é um exemplo dos tempos em que a aristocracia e a sociedade política e intelectual da cidade e do país circulavam pela Rua de Santa Catarina...

Um lugar emblemático que vale a pena conhecer. Um chá, uma bebida ao fim de tarde no bar
ou uma refeição no restaurante do hotel, estão disponíveis para o público em geral.

Mas há ainda nos pisos superiores dos edifícios todo o tipo de comércio e de serviços...





Se ficarmos ali sentados nos bancos da rua, a impressão que nos fica é que o mundo passa pela Rua de Santa Catarina. De todas as maneiras...





Engana-se quem pensa que isto é assim só no Verão. A rua continua super movimentada durante todas as outras estações do ano e cheia de charme...


Com o metro mesmo à porta.: Estação Bolhão...



Rua de Santa Catarina, para quem vem às compras e para quem quer ver de tudo um pouco.
Não deixe de conhecer. É uma das ruas do Porto que encantam!

3 comentários:

  1. Saudades desta rua impar !! Antônio Correa

    ResponderExcluir
  2. Bem melhor que a nossa Felipe Schmidt, não é mesmo Rita? Cleia MBr

    ResponderExcluir