quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Fragmentos do edifício mais visitado no Porto. O Palácio da Bolsa.

Um edifício imponente de arquitetura neo-clássica, fica no caminho para a Ribeira e chama a atenção de todos que passam por lá. É o Palácio da Bolsa...


Ali funciona a atual Associação do Comércio do Porto, antiga Bolsa do Comércio, por onde passavam todas as transações comerciais da cidade. Estamos falando de um Porto mercantil por onde passavam inúmeras mercadorias, desde o vinho do Porto, bacalhau, cerâmicas e tantos outros produtos.

Este edifício começou a ser construído em meados do séc. XIX, demorou quase 70 anos para ser finalizado. Valeu a pena! Porque ele é imponente por fora e belíssimo por dentro.

Classificado como Monumento Nacional, é o edifício mais bonito e mais visitado da cidade do Porto e um dos mais visitados do Norte de Portugal.
As visitas guiadas de aproximadamente uma hora, em vários idiomas, são excelente para entender toda a história e todos os elementos encontrados neste edifício. 

É por isso que este post mostra apenas alguns fragmentos deste Monumento. Porque vale a pena conhecer todos os pormenores.

Uma visita que tem um início espectacular. Quando adentramos pelo Pátio das Nações e nos deparamos com uma cúpula de vidro e ferro fantástica...



e um piso em mosaicos, lindíssimo!



 É um pátio imenso e glamouroso...





A Escadaria Nobre que leva-nos ao 2º piso, como o mesmo nome diz, é nobre! tem dois lustres incríveis, obras do artista Soares dos Reis. O mesmo que deu o nome ao Museu Nacional da cidade...


Durante os quase 70 anos da sua construção, por ali passaram muitos nomes renomados do séc. XIX  nas mais diversas áreas, desde  arquitetos e decoradores...


pintores, douradores e escultores...




mestres talhadores...



estucadores...




Por entre salas belíssimas vamos conhecendo mais um pouco da história do Porto e de Portugal.
Conhecendo por exemplo, a Sala do Tribunal onde hoje, os novos confrades da Confraria do vinho do Porto são entronizados.

Sala do Tribunal


Ficamos a saber também, que aqui neste gabinete, Gustave Eiffel trabalhou os projetos das suas obras no Norte de Portugal, como a Ponte D. Maria Pia no Porto, A Ponte Dupla de Viana do Castelo, a Ponte Ferroviária de Barcelos e a Ponte Rodoviária do Pinhão...

Sala Gustave Eiffel
O gran finale da visita ao Palácio da Bolsa é o famoso Salão Árabe.
Um lugar quase indescritível. É preciso mesmo conhecer. Vê-lo numa grande perspectiva.
Deixo aqui apenas alguns fragmentos...







... porque se vem ao Porto ou vive na cidade, é obrigatório conhecer!

Conheça todos os horários e preços das visitas guiadas aqui:

Dica: não saia do edifício sem antes pedir para conhecer a Sala de Provas Vinhos de Portugal. Uma sala linda moderna e que você pode provar vários vinhos do país e aproveitar e dar uma relaxada depois da visita...

Conheça mais sobre esta sala de vinhos neste post: AQUI

Um edifício fantástico e bons vinhos. É  o tipo de programa ideal para quem quer se abrigar do frio ou da chuva nos dias do Outono e Inverno ou fugir do calor escaldante nos dias do Verão.
Passe por lá bons momentos... e se encante!

Palácio da Bolsa
Rua Ferreira Borges



2 comentários:

  1. Trata-Se de um edifício excepcional, um dos ex-libras da invicta cidade do Porto, que os turistas visitam continuamente.
    Porém como tripeiro tenho a sensação que muitos portuenses não conhecem o seu interior lindíssimo, com destaque para o salão árabe. Mais um excelente post da mais portuense dos brasileiros: Rita Branco.Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada mais uma vez pelo seu comentário tão gentil, Octavio.
    E penso que tem razão. Muitos portuenses não conhecem este símbolo do trabalho desta cidade.

    ResponderExcluir