terça-feira, 18 de novembro de 2014

Sabão Artesanal com história. Na Saboaria ArteSana.

Quem anda pelo Mercado Porto Belo que acontece aos sábados na Praça Carlos Alberto, aqui no Porto, sempre vê por lá  a simpática Susana Santos e os seus sabões artesanais embrulhados em seus tecidos coloridos e charmosos...





No seu atelier, não muito longe dali na Rua dos Caldeireiros, eles também chamam a atenção, principalmente dos turistas que sobem e descem aquela rua tão típica do Centro Histórico...




Não são só as embalagens que chamam a atenção. Quando paramos para conversar com a Susana, vamos aprendendo um mundo de informações sobre este produto artesanal natural feito a base de azeite que só faz bem à nossa pele. A Susana é uma pesquisadora incansável nesta área e está sempre a aprimorar a sua produção.


Confrontada com o desemprego há quase dois, ela não se deixou vencer, arregaçou as mangas e foi fazer sabão.
Hoje os seus sabões estão em algumas lojas e hoteis da cidade, na Ilha da Madeira e na Espanha.
O seu diferencial, além da qualidade, é a criatividade. Além dos sabões a base de azeite e outros produtos naturais que beneficiam a pele, ela criou alguns que são uma autentica homenagem à cidade do Porto.
Um deles é o sabão com óleo de grainha/semente de uva e de vinho do Porto...


foto: ArteSana

e o de chá verde com camélias, homenageando esta flor tão típica da cidade...

foto: ArteSana

Como se não bastasse, ela resolveu criar um novo sabão que está sendo lançado agora este mês e com um poema, convidou-me para conhecer a produção deste novo sabão...

"Ó mar salgado quanto do teu sal são lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos quantas mães choraram
Quantos filhos em vão rezaram
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosse nosso ó mar" Fernando Pessoa

Surge então um sabão para homenagear o mar de Portugal... o sabão com sal marinho...



Que honra, entrar pelo atelier de mais uma empreendedora desta cidade que não pára de produzir, criar e acreditar! E é claro que eu também quis logo participar e fazer também!



Muita concentração, porque as medidas devem ser muito precisas...








mas entre uma mistura e outra, a Susana foi me contando um pouco da história do sabão em Portugal.
Apesar de muito se falar do sabão de Castela e Marsella, já no século X haviam muitas saboarias na Península Ibérica e Itália. 
Em Portugal, os monopólios das saboarias foram passando de reinado em reinado, sendo inclusive proibida a produção caseira. Somente em meados de 1800 é que este monopólio acabou e muitos saboeiros, principalmente do Alto Alentejo onde as fábricas eram localizadas, aproveitaram o seu conhecimento, e passaram a criar pequenas fábricas familiares de produção artesanal.

Ouvindo estas histórias eu estava a imaginar e a ter a sensação de estar a fazer sabão como naqueles tempos...





Entre estas conversas, o sabão parece estar quase pronto...



engano... porque agora para ele virar sabão de verdade,  vai para um processo de "cura" de aproximadamente 40 dias! Assim como os queijos, o sabão também fica curando até chegar no seu tempo  ideal para ser utilizado...


 Aqui a Susana mostrou-me  alguns que já estão há vários dias neste processo...



a consistência de um sabão natural a base de azeite é fantástica..


depois de uns dias, ele já pode ser cortado... vai mais um bocado para a cura...



e só depois é que ele pode ser embalado e vendido...


É por isso que eu valorizo imenso o trabalho artesanal. Quando vemos tudo pronto para vender, não fazemos muitas vezes ideia do real trabalho que os produtos artesanais dão, até ficarem prontos.
Que orgulho da cidade do Porto, com esta gente que produz e que está resgatando algumas tradições tão especiais!
Vale a pena conhecer!


Para conhecer os sabões artesanais da ArteSana e saber mais histórias a volta do sabão, com a Susana Santos, vai encontrá-los
Aos Sábados:
na Praça Carlos Alberto, no Mercado Porto Belo.
E nos dias da semana:
no seu Atelier na Rua dos Caldeireiros, 226 - Porto.

E no Facebook: Saboaria e Cosmética ArteSana




9 comentários:

  1. Obrigado Rita! Foi uma tarde bem passada na tua companhia...adorei :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei Susana! Obrigada pela oportunidade! beijinhos!

      Excluir
  2. Amei seus sabonetes, tambem trabalho com sabonetes artesanais aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Amei seus sabonetes, tambem trabalho com sabonetes artesanais aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Conheço a Susana e os seus sabões já lá vão uns 3 anos... Maravilhosa Susana e Maravilhosos sabões.
    A qualidade é excelente e quem os faz é de um coração cheio de amor.

    ResponderExcluir
  6. Olá Susana, Shalom. Parabéns pelo lindo e delicado trabalho de arte em sabão. Sou artesã de sabonete aqui no Brasil e gostaria de conhecer seu trabalho aí em Portugal. Gostaria, também, de saber se voce oferece cursos e/ou troca ideias. Estarei viajando para Braga em março/2017. laurasmelo@hotmail.com. LAURINETE MELO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laurinete, deve entrar em contacto com a Susana através desta página: https://www.facebook.com/saboariaartesana/?fref=ts

      Excluir
  7. Olá Susana. Sou Laurinete Melo e escrevi para voce em 12/02/2017, gostaria de saber se voce leu minha mensagem.
    Aguardo ansiosa resposta. Estarei viajando para Braga no dia 13/03/2017 e desejo conhecer seu trabalho e aprender mais contigo. Desde já Obrigada - Contato Email: laurasmelo@hotmail.com ou bylauras.artesanal@gmail.com

    ResponderExcluir