quinta-feira, 26 de junho de 2014

Nos bastidores dos Arquivos do Porto...

O dia 09 de Junho, é a data que a UNESCO instituiu como sendo o Dia Internacional dos Arquivos.
É um dia para dar a conhecer e promover os Arquivos nacionais e regionais.
E foi neste dia que os Arquivos da cidade do Porto, tanto o Geral como o Histórico, abriram os seus bastidores numa visita guiada muito interessante.
Eu fiz questão de conhecer mais estes segredos da cidade do Porto.


O Arquivo Histórico do Porto, na Casa do Infante, conserva uma documentação histórica incrível desde o período Medieval, o que inclui plantas da cidade antes de muitas das ruas que hoje circulamos serem abertas, e muitos e muitos pergaminhos, que eram os documentos de outros tempos.
Além de toda a documentação camarária relativa à história da cidade, também encontram-se no Arquivo Histórico Municipal, muitos documentos de origem privada, pertencentes a famílias que de alguma forma estão ligadas à História da cidade.
Na belíssima Sala da Memória, tivemos a possibilidade de conhecer alguns livros de tempos muito remotos.
Todo cuidado para manuseá-los é pouco...



A Sala da Memória tem uma atmosfera muito especial, é um espaço onde podemos encontrar documentos e objetos carregados de história...




Tivemos contacto com livros pertencentes à Câmara Municipal do Porto datados do século XIV...


livros de reuniões, de receitas, livros do cofre, livro de arrecadação de impostos para a abertura de ruas importantes...


Por entre as salas da Casa do Infante, podemos passar por ruínas que foram mantidas no edifício que era a antiga Alfândega do Porto.


Andar por ali  é sentir-se numa viagem entre os tempos medievais e  modernos. Uma vez que o edifício hoje tem excelentes instalações, como por exemplo o museu, a biblioteca e ainda os bastidores do Arquivo Histórico que é equipado com os melhores recursos para manter documentos tão antigos.

Aqui as grandes gavetas onde ficam guardados os pergaminhos...


as melhores estantes que existem para o armazenamento de livros tão importantes para a história da cidade.


 tudo tem que ter as melhores condições, como por exemplo a temperatura, os níveis de umidade do ar, o sistema contra incêndios e principalmente o manuseio deste material...


e a desinfectação. Todo documento que chega para ser aqui arquivado, passa por esta câmara, para eliminar qualquer parasita, do tipo caruchos e traças. Fica aqui em quarentena...



depois é limpo folha a folha, para só depois ser arquivado...



Já o  Arquivo Geral, fica localizado no Gabinete do Munícipe da Câmara do Porto, e armazena toda a informação provida pelo município. Ali é feita toda a recolha, tratamento técnico e armazenamento dos mais diversos documentos da cidade.
Os mais comuns são as licenças de obras, públicas e privadas...


Todos os documentos do município passam por processo de digitalização...


Plantas e grandes imagens passam por scanners especiais que permitem a digitalização planificada à escala...



A seguir os documentos passam por rigorosos processos de conferência e são arquivados em diversas etapas...


 para serem definitivamente arquivados também em estantes muito bem equipadas...


Este moderno sistema contra incêndios por exemplo, no lugar de liberar água, o que estragaria todos os documentos, libera um gás especial que combate as chamas...


Todos os cidadãos podem utilizar os Arquivos da cidade para pesquisar qualquer documento que precisar.
Tanto presencialmente, como pela internet, através da seguinte plataforma:


onde poderá pesquisar uma série de temas e assuntos relacionados com a história da cidade, bem como diversos documentos e apreciar muitas imagens incríveis de várias ruas, praças, edifícios e monumentos da cidade.

O valor e a história do Porto, muito bem guardados nos Arquivos Geral e Histórico da cidade!
Um trabalho e cuidado que merece todo o respeito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário