quinta-feira, 24 de abril de 2014

O vinho... do Porto.

O Porto encanta  por Rita Branco,  Sol de Barcelona por Cristina Rosa e Milão nas Mãos por Mage Santos. O que estes três blogs tem em comum?
São escritos por 3 brasileiras que por motivos distintos foram viver do outro lado do Atlântico e aprenderam a viver intensamente as  suas novas cidades .
Porto, Barcelona e Milão, o que estas cidades tem em comum?
São as segundas maiores cidades dos seus países e vivem às vezes à sombra das capitais.
Mas tem muitas outras coisas em comum e é isto que estas 3 autoras destes 3 blogs vão mostrar uma vez ou outra através de posts coletivos.

E o assunto de hoje é: os ícones das cidades do Porto, Barcelona e Milão!

Quando alguém fala da cidade do Porto, o que lhe vem  primeiro à cabeça?
O vinho. Sim, a imagem de marca da cidade é sem dúvida o vinho... do Porto.


Todos os turistas querem provar, conhecer mais sobre e comprar. Mas os habitantes locais também sabem dar o valor merecido a este vinho, que é único desta região.
O vinho do Porto é único, assim como a champagne é uma bebida que só pode ser produzida na região de Champagne na  França, e todo o resto é espumante, o vinho do Porto, também é uma bebida que só pode ser produzida aqui, na região do Alto Douro Vinhateiro...

foto: Rui Bonito

Eu costumo chamar de Santuário do Vinho, porque é para mim, uma das regiões mais bonitas de Portugal e e é uma paisagem de perder a respiração. São quilometros e mais quilometros de vinhas e castas demarcadas. Um sugestão que eu sempre dou a quem vem ao Porto é separar um ou dois dias para ir ao Alto Douro Vinhateiro, conhecer de perto a região que produz este vinho tão especial. É uma oportunidade única. E está a apenas 100 km da cidade do Porto.

foto: Rui Bonito

foto: Rui Bonito


Nos meses de Setembro e Outubro, pode-se participar das festas das vindimas/colheitas e ter o privilégio de fazer parte da produção do vinho daquele ano. Turistas do mundo inteiro vem participar das vindimas.
É uma experiência que eu recomendo...



Mas o que é o vinho do Porto? O que o faz ser um vinho diferente?

imagem: Instituto do Vinho do Douro e do Porto

O vinho do Porto, é produzido nesta Região Demarcada do Douro, onde só ali são cultivadas as castas também demarcadas que produzem este vinho. Esta região possui características muito específicas nomeadamente o clima e o solo.
O que o faz diferente dos demais vinhos é que a sua fermentação não é completa, ou seja é interrompida numa fase inicial onde é acrescentada aguardente vínica, resultando assim num vinho licoroso, doce e muito mais forte.


Produzido na região do Alto Douro Vinhateiro, o vinho do Porto viaja então para Vila Nova de Gaia, que está bem em frente à cidade do Porto, na outra margem do rio Douro, onde vai ser armazenado...


Dizem que Vila Nova de Gaia é o local com maior concentração de álcool por metro quadrado do mundo!


Também não é por acaso que é ali que o vinho do Porto fica armazenado. Tudo está relacionado com as condições climatéricas que vão proporcionar uma melhor qualidade do vinho. Tudo é pensado para que ano após ano os vinhos sejam cada vez melhores.
Visitar uma ou várias caves do vinho do Porto em V.N. de Gaia é obrigatório para quem está no Porto. Eu recomendo que sejam visitadas mais do que uma cave, porque há sempre um detalhe ou outro diferente que só nos faz aprender mais sobre esta bebida tão especial. As visitas guiadas nas caves são frequentes e em vários idiomas...


Visitar um cave do vinho do Porto é conhecer os seus segredos...




É saber as diferenças entre um Porto Ruby, Tawny ou um Vintage...


É saber mais sobre a história e a cultura deste vinho tão importante para região do Porto e do Douro...



a Croft por exemplo, foi a primeira produtora a exportar o vinho do Porto para o mundo

E o melhor de visitar as caves do vinho do Porto, é sem dúvida provar os diferentes vinhos do Porto.
O fim de uma visita a uma cave é sempre o início de ótimos momentos de convívio à volta do vinho...



É o momento que temos a oportunidade de esclarecermos as nossas dúvidas, e sabermos mais sobre o vinho, justamente com quem mais entende sobre o assunto...


Mas... se o vinho é produzido na região do Alto Douro Vinhateiro, é armazenado em Vila Nova de Gaia, porque é que ele se chama vinho... do Porto?

Porque é a partir do Porto, cidade mercantil, de alfândegas, transportes e ligações através de várias vias para outras cidades do país e do mundo, que o vinho passou a ser exportado e conhecido no mundo todo. Conhecido então como o vinho... do Porto. Desde sempre...



Visitar o Museu do Vinho do Porto, é também uma excelente dica para conhecer tudo sobre esta história tão importante para a cidade e para a região...

pode ver AQUI um post sobre o Museu do Vinho do Porto


E a cidade do Porto tem muito orgulho do vinho do Porto e o promove como ninguém.


A minha sugestão é aproveitar a oportunidade de estar na cidade do vinho do... Porto e apreciá-lo de todas as maneiras...



O vinho do Porto está em toda a parte! Para todos os gostos...





e todos os bolsos...


Aqui no Porto você vai saber mais o porque dos vinhos serem diferentes na cor, no aroma, no sabor, no preço.



Vai saber que receber alguém com um vinho do Porto, é uma recepção de muito bom gosto. É o chamado "porto de honra"...


Aqui no Porto vai saber que o vinho é ótimo para acompanhar doces e queijos fortes. Por isto é tradicionalmente servido nas sobremesas...



Mas vai saber também  que os vinhos do Porto brancos e agora também os roses, são para serem servidos frescos, como aperitivo...


e que também podem servir de base para outros aperitivos, perfeitos no Verão...



Mas é aqui no Porto que também surgiu a democratização do vinho do Porto. Ou seja, o vinho passou a ser provado, harmonizado de várias maneiras e cada vez mais utilizado na confecção de muitos pratos...



Democratizar o vinho do Porto é isto. É prová-lo e desfrutá-lo! (mas... sempre com moderação)


Portanto, se está no Porto ou vem visitar a cidade, aproveite ao máximo o privilégio de estar na região do vinho mais conhecido e apreciado do mundo! O vinho... que encanta!



Vamos conhecer os ícones das cidades de Milão e de Barcelona? Veja nos links abaixo:
Milão nas Mãos
Sol de Barcelona

8 comentários:

  1. Ai Rita...quero um vinho do Porto agora! Adorei saber porquê ele é do Porto e adoraria fazer um passeio pelos vinhedos. Já fui a uma Cave, tenho que ir em outras.

    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina! Quando vieres novamente te levo nos vinhedos! :) beijos!

      Excluir
  2. Visitar cave de vinho em Porto está no nosso roteiro. Ganhamos de um casal de amigos uma garrafa de Porto branco e adoramos, não conhecíamos e foi uma bela descoberta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natalia! Desfrute destas visitas são mesmo especiais. E como eu disse no post, vale a pena visitar mais que uma e andar pelas ruelas históricas onde muitas estão instaladas. Realmente o vinho do Porto branco é uma agradável surpresa, principalmente para beber bem fresquinho em dias quentes :) Um beijinho!

      Excluir
  3. Rita!!
    É ver as primeiras fotos e ter vontade de ir agora...bebendo ou não o vinho...
    Coisa mais linda!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mage! Tens mesmo que vir prá cá! beijos!

      Excluir
  4. Alguém me pode tirar a dúvida, porque as caves do vinho do porto foram construídas em VNG e não no Porto? Já ouvi que existia uma lei a dizer que o vinho do porto só podia ser armazenado em VNG. Porque?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fingly Mingly! Não, não tem nada a ver com leis ou coisas do genero.
      O facto das caves do vinho do Porto estarem localizadas em V.N. de Gaia, está relacionado com a humidade do ar. Mas... se você fizer uma visita guiada numa delas vai saber mais a respeito. Vale a pena!

      Excluir