quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Invicta Livro... onde os livros são tratados como obras de arte.

Esta não fui eu que descobri. Foi uma valiosa dica de uma amiga/leitora do blog, a Luciana Bignardi que eu faço questão de agradecer pela mensagem que me enviou com estas palavras:

Oi Rita, td bem? Há algumas semanas atrás encontrei, por acaso, uma oficina de encadernações, na Pça. da República... Eu achei o lugar fascinante...

Fui até lá... o lugar é fascinante, incrível e surpreendente.
Uma discreta placa à porta, na Praça da República.




E estamos diante de um mundo onde o livro a partir do momento que entra naquela oficina, passa a ser tratado como uma obra de arte, um patrimonio raro e valioso...




A Invicta Livro é uma oficina, especializada em encadernações e restauros de livros.
 Trabalhos em dourado lindos...




Com tanta qualidade...  hoje em dia, em Portugal é a única oficina do país que faz este tipo de trabalho. Depois só encontramos algo semelhante em Madrid, Paris e Londres.
Tanto para colecionadores, instituições ou pessoas que vêem os seus livros como um patrimonio que vale a pena ser restaurado ou tê-lo em destaque na sua biblioteca, esta oficina faz este trabalho de maneira muito especial. E dá uma "roupagem" exclusiva a cada livro...




 Este trabalho não é só para os livros mais antigos, porque vi lá muitos livros atuais que também ganharam capas personalizadas...


O Engº José Mario dos Santos, proprietário da Invicta Livro, mostra-me com muito orgulho trabalhos exclusivos como este...



E gentilmente coloca-se a disposição para me mostrar a sua oficina, onde tudo é feito manualmente, por trabalhadores que já lá estão há muitos anos, fazendo um trabalho que hoje mais ninguém faz.
É ele quem dá formação para as pessoas novas que chegam para trabalhar, porque hoje em dia não há mais cursos que ensinam esta profissão. Segundo ele, os jovens já não tem paciência para um serviço tão minucioso.
E por entre lindos azulejos, lá vamos nós ver a oficina...


E eis que para minha surpresa, quando ele diz que é tudo trabalho manual, pude constatar que é tudo mesmo manual...





Livros que chegam nos piores estados e que vão receber o devido tratamento e ser totalmente restaurados...



Folha por folha, com muita paciência...







Para depois receberem uma encadernação... linda.
E para isso, mais mãos especializadas são necessárias...









E também muita troca de ideias entre os colaboradores, o patrão e os próprios clientes, para definirem as cores, o material, todos os detalhes...


Porque cada encadernação respeita a época em que o livro foi editado, recebendo assim a sua capa e todos os motivos decorativos e letras de acordo com o estilo daquela época, como por exemplo, estilo neo-clássico, romântico, arte nova ou modernismo.
E para isso eles tem imensas prateleiras, caixas e gavetas com todo o material necessário correspondente a cada estilo...





Sem contar a beleza das ferramentas e das poucas máquinas utilizadas...





Depois de ter o privilégio de estar algumas horas a ver aquelas pessoas trabalhando, tive a certeza, de que quem está  naquela oficina, trata cada livro que ali entra, com todo o respeito que uma obra literária merece. E todos lá tem muito orgulho do trabalho que realizam, mostram-me tudo com muita atenção.
Notícias de outras épocas...


O trabalho de cada um...




E a beleza dos materiais...



Tudo para que os livros saiam de lá... verdadeiras obras de arte,  objetos personalizados...




É um privilégio, termos no Porto uma oficina com esta qualidade, única no país.
Apesar do Engº José Mario dos Santos achar que com o tempo e falta de mão de obra especializada, tudo isso vai acabar. Eu... espero que não.

Aos amantes dos livros e das coleções, vale a pena conhecer:

www.invictalivro.pt/


Vem para o Porto e região? Veja aqui, dicas preciosas para a sua viagem



Nenhum comentário:

Postar um comentário