segunda-feira, 5 de novembro de 2012

O Respeito pela Arquitetura no Porto. Parte I

A Ordem dos Arquitetos da Seção Regional do Norte de Portugal, organizou neste ano, a 1ª edição do projeto: " Respect for Architecture", Porto 2012. Integrado no projeto Norte 41º - Centro de Arquitetura, Criatividade e Sustentabilidade, trata-se de uma iniciativa com periodicidade bianual, que pretende divulgar um conjunto de obras no setor turístico (alojamento, alimentação e comércio), construídas na cidade do Porto que preservem e respeitem a qualidade arquitetonica.

aqui a belíssima fachada do Arquivo, na Praça da República
As 20 obras selecionadas foram expostas em suporte vídeo, em vários locais da cidade entre os dias 05 de Setembro a 05 de Outubro/2012, um evento associado ao Porto Design Week.

Decidi então,  ir conhecer estes locais pessoalmente para deixar aqui algumas sugestões  para quem vem à cidade e é da área da arquitetura, ou se interessa pelo assunto e gosta da preservação e requalificação do edifícios.
Mas fica também a dica para quem é do Porto e por estes mesmos motivos acima, queira fazer um circuito arquitetonico pela cidade. Podemos ver detalhes super interessantes nesta obras, vale a pena espreitar.

Há uns mapas disponíveis com este circuito para facilitar a localização quepodem ser encontrados nos postos de informações turísticas ou na Ordem dos Arquitetos Seção Regional Norte:

Pode fazer o download deste mapa: AQUI
A obra assinalada no mapa, com o nº 3 é o Arquivo, na Praça da República nº 38. Um lugar incrível. Oferece gastronomia, design e arte. Pode-se ter um jantar super reservado com amigos e ao mesmo tempo, comprar uma obra de arte, ou uma peça de mobiliário de autor, quase todas do arquiteto Raul Sousa que muito gentilmente apresentou-me o espaço.




« O Arquivo é um espaço cultural e gastronómico inaugurado em 2011. Localizado em plena baixa da cidade do Porto, dispõe de um restaurante clássico e de infra-estruturas para eventos sociais e corporativos. Oferece também uma programação que entrecruza áreas como a gastronomia, o design e a arte contemporânea.
Instalado num palacete do século XIX, que entre 1932 e1995 albergou o Arquivo Distrital do Porto, o edifício do Arquivo foi recentemente alvo de requalificação por parte dos arquitectos Inês Fraga e Tiago Júdice. Trata-se do primeiro projecto da responsabilidade da 3Cultura, entidade que concebe e gere projectos no âmbito das indústrias criativas e culturais. »
Informação disponibilizada pelo arquitecto/atelierTiago Arêde Júdice, 3Cultura




Já na Rua José Falcão, 122 encontramos a Loja Luís Buchinho. A obra nº 14 assinalada no mapa "Respect of Architecture".


Luís Buchinho, o conceituado estilista português que além de já ter a sua presença habitual no Portugal Fashion e Moda Lisboa., apresenta os seus trabalhos internacionalmente, em vários eventos de moda, como por exemplo no São Paulo Fashion Week, Semana da Moda de Paris e também em Nova Iorque.
E como não poderia ser, encontramos elegância e sofisticação na sua loja.



O projeto é aqui descrito pelo seu autor, o arquiteto António Cabral Campello:
«O espaço eleito para albergar a loja e escritório Luís Buchinho encontrava-se bastante danificado, aberto ao exterior e sem pavimentos, restando apenas as alvenarias de granito, um esqueleto estrutural de madeira de um tecto e uma fabulosa sequência de espaços cobertos e descobertos em alternância. O tema do projecto é-nos dado por estas poucas pré-existências, que se salientam optando por soluções de grande neutralidade e invisibilidade no desenho dos novos elementos e, inclusive, no encerramento dos espaços e recobrimento de superfícies. A subdivisão espacial existente não coincidia com as necessidades programáticas, pelo que, de forma a separar loja e escritório, se dividiu o primeiro dos espaços através do módulo dos provadores, ainda que solto das pré-existências e permitindo vislumbrar, lateralmente e acima dele, a sequência dos espaços posteriores e o seu tecto. Opções controversas, tais como a de manter aparente o tecto ou a de um pavimento em betonilha de cariz industrial, denotam uma empatia pelo tosco e inacabado, caminho que dita a concepção de todos os restantes elementos.»




E fazendo uma pausa para um café, na mesma Rua José Falcão, 152/156, o Café Vitória é a obra nº 6 do mapa e oferece várias salas e um espaço exterior que convida a bons momentos num fim de tarde...






«O edifício onde se localiza o café Vitória, cuja construção data de inícios do século XX, integra uma frente de rua contínua, com alguma unidade morfológica. O café ocupa o piso térreo deste edifício e prolonga-se para o logradouro privado. Expande-se sobre parte do segundo piso, com acesso pela antiga escada exterior. Os espaços de serviço ficam localizados num anexo que ocupa o fundo do logradouro, o qual foi modelado em plataformas que diluem as diferenças de cota pré-existentes.
 A organização interior procura oferecer clareza construtiva e diversidade espacial em usos e significados, na tentativa de relacionar de forma orgânica os dois níveis do café: o conjunto de três salas do piso térreo, que estabelecem uma gradual transição entre o espaço público da rua e o reduto privado do jardim posterior, e a sala do andar superior, mais intimista, que, associada á varanda envidraçada, permite a fruição do interior do quarteirão. 
Um dos principais desafios colocados na intervenção foi a integração das novas solicitações funcionais, procurando, através do uso criterioso de materiais e técnicas construtivas, garantir a coerência estrutural e visual ao conjunto de espaços propostos. No geral foram utilizados materiais naturais como o granito, o ferro, a madeira, o vidro e a cerâmica, numa solução de contenção de recursos e de invocação das técnicas tradicionais.»

Informações: Arquiteto Miguel Tomé


Os mais curiosos poderão ver todos os detalhes nos excelentes vídeos realizados pela TVU - Universidade do Porto, basta clicar no nome da obra:
Arquivo

Loja Luís Buchinho

Café Vitória

Mas, o melhor mesmo é conhecer estas obras pessoalmente.
Porque a arquitetura do Porto... encanta.

Acompanhe aqui a minha visita às outras obras deste projeto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário