quinta-feira, 22 de novembro de 2012

As Pontes... do Porto.

Não há dúvidas. As cidades europeias com pontes, tem um charme todo especial.
Esta fotografia publicada na página do VisitPorto.Travel, de autoria da fotógrafa Cristina Sousa, é mesmo incrível: o rio Douro, as cidades do Porto, de Gaia e as pontes...


Serviu como fonte de inspiração, para eu  homenagear cada uma das pontes do Porto tão distintas uma das outras, cada uma com sua história e com sua beleza especial. Arquiteturas diferentes, como se cada uma tivesse a sua própria personalidade.
Num percurso curto, pelo próprio rio ou pela margem do Porto, vamos descobrindo os seus detalhes.
Escolhi uma série de imagens  do fotógrafo Rui Bonito, para homenagear cada uma delas porque ele consegue ir buscar beleza e sentimento, inclusive... nas pontes.

A ponte Maria Pia foi a primeira a ser construída 1876/77, pela empresa de Gustave Eiffel (vê-se que tem um "toque" da famosa torre de Paris). Era uma ponte ferroviária, só tinha uma linha, não permitia uma velocidade superior a 20km/h e o peso das cargas era limitado. Foi obrigada a aposentar-se e hoje é a nossa charmosa senhora...


A ponte São João  foi contruída ao seu lado em 1991 é a que hoje faz a travessia ferroviária...
 

A ponte da Arrábida é a mais ousada das pontes do Porto. É ousada porque na época da sua inauguração, em 1963 era a ponte que possuía o maior arco de betão armado do mundo!
Algumas pessoas daqui, contam que no dia da inauguração, muita gente apostava que ela ia cair..., porque aquele arco era mesmo uma ousadia. Mas ela está lá: firme, forte e imponente...


Fica linda ao por do sol, e incrivelmente sinistra num dia de nevoeiro...


E apesar de já ter quase 50 anos, ainda  tem ares muito modernos...


A ponte do Freixo é super funcional, é uma ponte rodoviária que foi construída no final da década de 1980, para aliviar o congestionamento das outras pontes já existentes. A ponte do Freixo é na realidade duas pontes construídas lado a lado separadas apenas por 10 cm. Por cima ela nada mais é do que uma via rápida, mas quando olhamos para ela ao nível do rio... ela é linda.



 A ponte do Infante (em homenagem ao portuense Infante D. Henrique), é a mais nova ponte rodoviária  e é também muito funcional porque veio para substituir o trânsito rodoviário do tabuleiro superior da Ponte D. Luis, por onde hoje passa a linha do Metro. Está bem próxima da zona histórica do Porto.


E finalmente a estrela, a ponte D. Luis um dos ex-libris da cidade, o orgulho da gente do Porto...


Construída entre 1881 e 1888 por um sócio de Gustave Eiffel, a ponte com seus dois tabuleiros servia o grande tráfego decorrente do crescimento do comércio da cidade do Porto. Hoje o tabuleiro superior serve uma das linhas do Metro.
Um dos passeios obrigatórios e atravessar a ponte a pé. onde podemos observar os detalhes da sua construção toda em ferro...



Do seu tabuleiro superior temos uma vista incrível da cidade. É atração para todos os turistas. Mas passam por ali muito locais, porque a paisagem é de tirar o fôlego... literalmente.


E assim, temos um conjunto de pontes que complementam esta paisagem tão especial da cidade.
As pontes... do Porto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário