quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Contemplar o encontro das águas... um programa especial.

Há um lugar mágico no Porto.
É onde as águas do Rio Douro encontram-se com as águas do mar... o Oceano Atlântico.
Exatamente aqui:



O Rio Douro, que nasceu Duero em Sória, Espanha, percorre os seus 927 km de comprimento, e enche os nossos olhos com a sua beleza, e ainda  nos proporciona a maravilhosa produção dos vinhos do Douro e do Porto, lá no Alto Douro Vinhateiro. 

fonte:liketomove.com

Mas é quando  já em clima de despedida, ele  passa lentamente pela cidade do Porto para ir se encontrar com o mar, é que temos a oportunidade de admirá-lo de perto e com todo o tempo do mundo.



A construção dos dois molhes, veio criar estabilização das margens do estuário do Douro e também das margens da ribeirinha junto à Foz e melhorar as condições de navegabilidade.

Assim podemos ver a tranquilidade do veleiro ao deixar o mar...


... para subir o rio.


Ou do imenso barco de carga que vem do rio em direção ao mar para atracar no porto... do Porto.


É um lugar de eleição dos pescadores...


...e ao fim da tarde, os locais e os turistas, vão para lá passear.



E principalmente... contemplar!!




Olhar algumas vezes para o infinito...


... outras vezes para a beleza do rio.



E para a mistura das águas, bem aqui:




Um bom passeio para aproveitar as tardes de Verão na Foz do Douro.
Um encontro mágico de águas e uma paisagem especial.
Visita obrigatória para quem vem ao Porto. Em qualquer altura do ano, é lindo.




À partir do Centro do Porto, se vem de carro, basta seguir a marginal do rio Douro. Ou no autocarro/ônibus 500 (saída na Av. dos Aliados) ou ainda no emblemático eléctrico 1 em direção ao Passeio Alegre (saída junto à Igreja de São Francisco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário