quinta-feira, 1 de março de 2012

Para o pessoal da Moda

No imponente edifício da Alfandega do Porto, aconteceu agora no fim de Fevereiro a 39ª edição do Modtissimo ( Salão de Tecidos e Acessórios, Confecção Portuguesa e Têxteis do Futuro).
A indústria têxtil sempre foi forte em Portugal. Passou por vários percalços com a invasão da produção barata de países asiáticos, mas agora tem feito de tudo para "sacudir a poeira" e dar a volta por cima.
Um evento para quem é do segmento e para os descolados do mundo fashion  que gostam de saber  o que se está fazendo em Portugal, nesta área.










Como eu vou sempre atrás do que é diferente e interessante, o que me chamou a atenção foi o trabalho de Sustentabilidade feito pela empresa Moinho. Uma empresa única na Europa que transforma o desperdício têxtil e roupas usadas (100% algodão) em papel têxtil reciclado, que são  papéis com texturas super diferentes  para ser usados tanto para escrita como para confecção de embalagens, gifts ou peças de decoração.
Tudo num conceito artesanal, mas se for preciso fazer grandes quantidades, são usadas máquinas que seguem a mesma ideologia: nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.





Vale a pena dar uma olhada no site da Moinho.
Mesmo porque eles estão a caminho de abrir uma fábrica no Brasil!
Para ver mais fotos do Modtissimo: Facebook/OPortoencanta

2 comentários:

  1. Imagens como essas de jovens preparando o futuro a apresentar, nos faz exclamar: - Vale a pena os esforços em estudar, pesquisar, programar e executar. É tudo muito lindo!

    ResponderExcluir
  2. É verdade Sirlene! Sempre vale a pena! Um abraço!

    ResponderExcluir