segunda-feira, 19 de junho de 2017

Dicas para enfrentar o calor no Porto, nos dias quentes do Verão.

O Verão ainda não chegou. Mas os últimos dias tem sido de temperaturas altíssimas no Porto, na região Norte e em todo o país.
Alguns lugares chegam aos 40º e fica mesmo muito difícil andar por aí sem proteção.
Mesmo os turistas brasileiros, que "pensam" que estão acostumados, sentem imenso o efeito do calor.
Diferente do calor úmido do Brasil, por aqui o ar é seco e podemos ficar dois meses ou mais sem chuva.

Tenho notado que os brasileiros estão aproveitando as férias escolares do meio do ano para virem com as famílias visitar o Porto e várias cidades de Portugal. Fico muito feliz com essa procura. Já era tempo dos brasileiros conhecerem melhor o país que tem tantos laços de origens.

Entre dias longos e quentes estamos numa excelente época para aproveitar bem a viagem, mas em dias em que o pico de temperatura é muito elevado há que se tomar vários cuidados.

Preparei uma lista de dicas para os turistas aproveitarem ao máximo a sua viagem, sem sofrerem com os excessos.

1. Proteja a cabeça:



Chapéus e bonés, de preferência de materiais leves, são indispensáveis para proteger do sol.

2. Hidratação:



Beba muita água! No mínimo 2 litros, mesmo que não esteja com sede. O corpo vai ficando seco e desidratado durante o dia, sem nos darmos conta.
Evite bebidas alcoólicas nos horários mais quentes do dia. E se beber, não dispense uns goles de água para intercalar.

3. Roupas e calçados confortáveis e leves:



Tenis de materiais leves é o ideal, as sandálias nas ruas do Porto e Portugal podem ser desconfortáveis, além de deixarem os pés expostos ao sol o que pode provocar queimaduras.
As roupas também devem ser de tecidos leves porque assim podem cobrir o corpo sem deixar também muitas partes expostas ao sol. A não ser que você não se esqueça de usar muito...

4. Protetor Solar:



Use sempre! Passe antes de sair de casa, mas leve-o consigo e passe novamente durante o passeio para  reforçar. Principalmente se estiver usando calções e tops sem mangas. Vai precisar de muita proteção porque ao andar na rua, o sol vai queimar mesmo!

5. Faça pausas... na sombra:



É certo que o turista muitas vezes vai se empolgando e quer conhecer o máximo de coisas no mínimo de tempo. Mas com as altas temperaturas, é praticamente impossível. Procure uma sobra e descanse, o corpo vai pedir por isso. Turismo de qualidade e devagar é o ideal.
Há sempre um belo jardim, ou parque por perto para sentar e relaxar na sombra.
Conheça alguns Parques e Jardins do Porto: AQUI

6. Refugiar-se nos monumentos:



Aproveitar os edifícios em granito do Porto são uma excelente pedida para fugir do calor.
As paredes imensas de pedra da Casa do Infante, da Sé Catedral, das caves do vinho do Porto e da Igreja de São Francisco, são alguns dos vários monumentos e edifícios que vale a pena perder uma boa parte do tempo a visitar, enquanto o sol arde lá fora.


Visitas guiadas ao Palácio da Bolsa, à Casa da Música e sentar em algum bar, café e restaurante também são ótimas opções.
É preciso tomar cuidado com o ar fresco à beira do rio Douro, porque o sol continua por lá. Firme e forte. Todo cuidado é pouco...

cuidado com as pausas quando o sol está forte!

É óbvio que este cuidado deve ser redobrado nas crianças.

7. Comece os passeios cedo:

Muitas vezes, o dia demora um pouco para aquecer e a cidade principalmente a beira do rio e do mar fica com uma névoa que torna a paisagem surpreendente!

Mas não se engane, o sol vai aparecer. Esta foto por exemplo, foi tirada logo cedo num dia em que as temperaturas chegaram a 35º

Saiba também que muitas vezes a temperatura cai quando o sol se põe e por isso, ao sair à noite, pode-se sentir bem a diferença, por isso não dispense uma blusa leve ou um xale quando sair para jantar ou para aproveitar a noite portuense.

Estas dicas valem a partir do final de Junho até meados de Setembro.

Proteja-se nos dias quentes e longos e encante-se pelo Porto e por toda a sua viagem por Portugal!







Nenhum comentário:

Postar um comentário