sexta-feira, 31 de março de 2017

Os vinhos do Douro da Lavradores de Feitoria, em prova no Porto

Já fazia um tempo que eu não ia à Sala de Provas Vinhos de Portugal, no Palácio da Bolsa.
Um espaço belíssimos que poucas pessoas sabem que podem visitar independente de visitarem o Palácio da Bolsa.
Lá, pode conhecer mais sobre os vinhos portugueses, suas regiões produtoras, as principais castas e muitas marcas.


Já escrevi anteriormente sobre esta Sala. Pode ver: AQUI

A Sala de Provas Vinhos de Portugal organiza com frequência provas comentadas e apresentações de vinhos de diversos produtores durante todo o ano.

E na semana passada recebi o convite para conhecer o portefólio da Lavradores de Feitoria, que se apresenta: Somos Douro (adorei!)


A prova foi comentada por Paulo Ruão, o Diretor de Enologia da empresa, que nos foi esclarecendo sobre os 7 vinhos que foram apresentados...




Lavradores de Feitoria branco 2016 
Lavradores de Feitoria rosé 2016 
Três Bagos branco 2015
Três Bagos Reserva tinto 2014
Meruge branco 2015
Meruge tinto 2014
Quinta da Costa das Aguaneiras tinto 2013
Três Bagos Grande Escolha tinto 2011

Os dois primeiros, acabaram de ser lançados. Como adoro os rosés para os dias quentes  que aí vem, fiquei atenta a este, feito com uvas touriga nacional...


Por entre provas e aprendizado, conheci uma nova casta para mim: viosinho, através do vinho Meruge. Uma casta exclusive das regiões do Douro e Tras-os-Montes.


Esta sala de provas tem uma luz fantástica para percebermos  as cores dos vinhos...



o gran finale, veio com o Três Bagos Grande Escolha 2011...

ah! os vinhos do Douro!! Que Grande Escolha!

Se vem visitar o Porto ou vive na cidade, vale a pena acompanhar a agenda de eventos da Sala de Provas Vinhos de Portugal: AQUI

E para saber todas as informações sobre os vinhos da Lavradores de Feitoria:


Porque os vinhos o Douro... encantam!





quinta-feira, 30 de março de 2017

Relembrando as emoções do Caminho Português de Santiago no Porto.

No início deste ano, o Manoel Mejias, um brasileiro de São Paulo, entrou em contato comigo para falar sobre a sua intenção de fazer o Caminho Português de Santiago.
Ele já havia feito duas vezes o Caminho Francês com a sua mulher, e desta vez queria que a filha os acompanhasse e resolveram fazer o Caminho Português a partir do Porto.
Ele viu os meus relatos, junto com a minha amiga e parceira do Caminho, a austríaca Elena Paschinger, e escreveu-me para tirar algumas dúvidas.

Veja tudo sobre o meu Caminho Português de Santiago: AQUI

Após várias trocas de e'mails, e em agradecimento à confiança que aquela família estava depositando nas minhas informações, disse-lhes que fazia questão de estar com eles no dia em que estivessem de partida para o Caminho, aqui no Porto.

Como já disse aqui  várias vezes, o Caminho é mágico. E não foi por acaso, que a minha amiga Elena Paschinger também estava no Porto no dia 25 de Março de 2017, dia da partida desta família para Santiago.

Sim, no último Sábado, nós duas tivemos a honra de nos despedirmos desta família encantadora que partiu do Porto para o Caminho Português de Santiago...



Fomos até a  Sé Catedral, onde eles adquiriram as respectivas Credenciais do Peregrino e fizemos questão de acompanhá-los nos primeiros passos do Caminho, seguindo as setas e dando-lhes as últimas dicas...

foto: creativelena
Por entre as ruelas à volta da Sé Catedral, até chegarmos à Rua das Flores e subirmos a Rua dos Caldeireiros, tentamos desfrutar ao máximo aquela experiência, e aqueles momentos de emoção, tanto para eles como para nós...

foto: creativelena

foto: creativelena

foto: creativelena
foto: creativelena
Até nos despedirmos de verdade, desejando-lhes "Bom Caminho", no início da Rua de Cedofeita, quando o Caminho segue em direção à saída da cidade do Porto.

Há várias maneiras de fazer um blog.
Mas para quem faz o seu blog, baseado nas suas emoções, como é o meu caso e seguramente o da Elena Paschinger, este é daqueles dias em que temos a certeza que tudo o que fazemos, o trabalho imenso que temos, vale a pena.
Vale cada palavra, cada foto, cada minuto de dedicação nas redes sociais.
Quando um família destas surge pessoalmente na nossa frente, é extremamente gratificante,
Valeu todo o esforço que fizemos.
 Além do esforço de fazer o Caminho, fazê-lo com a preocupação de transmitir tudo aos nossos leitores.

As emoções deste dia, ficaram guardadas neste video que prometi ao Manoel e a sua família que iria publicar.
A esta altura, já caminharam cinco dias. Ainda falta muito, mas espero que este vídeo dê a eles um bocado de  energia para continuar a caminhar.

Porque o Caminho Português de Santiago a partir do Porto... encanta!





(e é com orgulho que já sei que uma outra seguidora estará saído também para o Caminho a partir do Porto, no próximo mês de Junho com mais 6 amigos - que emoção!)

Bom Caminho!



segunda-feira, 27 de março de 2017

Do Porto para... o enoturismo e os vinhos da Quinta de Santa Cristina.

Foi num dia especialmente diferente, ainda no Inverno em meados de Março, mas com temperaturas de Verão que conheci a Quinta de Santa Cristina.
Um dia perfeito para provar vinhos verdes, andar por entre as vinhas e conhecer duas mulheres fantásticas: a Liliana Pereira, responsável pelo enoturismo e a Monica Pinto, a filha dos donos da Quinta de Santa Cristina e que levou um projeto à frente com muita vontade e perseverança.
E que hoje podemos visitar, a partir de uma viagem curta de aproximadamente uma hora a partir do Porto.


Pela auto-estrada A4 chegamos tranquilamente até Celorico de Basto, onde dizem que o Minho muda de cor...já que estamos entre a região do Minho e Trás-os-Monte, onde inicia a região do vale do Douro...



Entre as serras e montes desta região, um total de 50 hectares de vinhas e florestas é o convite para um dia de enoturismo muito especial na Quinta de Santa Cristina...




por entre as serras de Fafe, Marão e Alvão
As boas vindas não poderiam ser melhores. Um espumante rosé, 2 anos,  com  as deliciosas cavacas, os doces conventuais da região, vieram acompanhados da história da família que começou quando o  pai transmontano da Monica Pinto, e a mãe, de Celorico de Basto, conheceram-se num São João do Porto, a festa mais popular do norte de Portugal. Namoraram, casaram e vieram viver em Celorico.
Desde 2004, a Quinta de Santa Cristina, produz vinhos e a partir de 2013 a Monica acreditou no potencial daquele lugar para o enoturismo. E desde então recebem turistas para diversas atividades.


Uma delas, tive o grande prazer de participar: plantar a minha própria vinha...



Uma honra saber que daqui a 3 anos, a vinha que plantei já vai dar uvas!  



Esta atividade acontece o ano todo, mas em épocas de colheita, os visitantes também podem participar das vindimas.

Depois, seguimos por um percurso guiado por entre as vinhas. Que pode ser de 1,5 km ou de 4,8 km, para os mais dispostos a longas caminhadas. E ainda para os amantes de aventuras mais radicais a Quinta de Santa Cristina, organiza pacotes que podem juntar o enoturismo com o turismo de aventura. A região é perfeita para isso.

Fiquei com a opção de passear pelas vinhas, já que para mim, era uma oportunidade para ver de perto os primeiros rebentos do que será a nova safra que vem por aí...

as vinhas no Inverno também tem a sua beleza muito especial

Acostumada a ver as vinhas sempre na Primavera, Verão e Outono, faltava-me admirar de perto este processo da arte de cuidar delas após o descanso da última colheita. Quando elas ficam prontas para um novo despertar, na vida de uma vinha...


O nome da Quinta, está relacionado com a Santa Cristina, uma santa cuja história nos é contada enquanto nos dirigimos à pequena capela, localizada bem próximo dos armazéns onde os vinhos são produzidos, e que também está relacionada com a história da família... por isso, merece a visita.


No armazém ficamos a conhecer todo o processo de produção dos vinhos  e ainda temos a oportunidade de apreciar a belíssima paisagem que envolve a Quinta, no topo do edifício...



uma paisagem de aproximadamente 300 a 400 mts de altitude!


Depois de tanta beleza, a melhor parte está por vir... a prova dos vinhos com produtos típicos da região. Podemos chamar de o encerramento com chave de ouro...

Queijo terrincho - 90 dias de cura, broa de milho, chouriça de vinho, presunto e uma compota divinal de pétalas de rosa 

e os vinhos: Branco Escolha, Rosé e Alvarinho

A visita também pode terminar com um piquenique à sombra de uma árvore na própria Quinta ou ainda num restaurante regional a poucos minutos dali, tudo sempre à combinar com antecedência.

Todas as informações e marcações podem ser feitas através dos contatos:

enoturismo@garantiadasquintas.com

tl. +351 912 527 396
www.garantiadasquintas.com

Pode ver aqui alguns momentos transmitidos em direto nas redes Snapchat e Instagrm Stories:


Fica a dica... fazer enoturismo e conhecer ainda mais sobre os vinhos verdes, a poucos quilómetros do Porto. Vai se encantar!







segunda-feira, 20 de março de 2017

Conhecer e sentir o Porto em 5 dimensões no Look at Porto.

Adoro escrever posts sobre lugares que me surpreendem pela positiva.
Quem acompanha o blog,  sabe como eu gosto de coisas tradicionais e genuínas da cidade do Porto, e confesso que quando recebi o convite para conhecer o novo cinema 5 dimensões Look at Porto, para conhecer e sentir a cidade do Porto em 10 minutos... fiquei um bocado desconfiada.
Mas sempre que isto acontece, a minha curiosidade é mais forte e claro que lá fui eu para Miragaia bem em frente ao edifício da Alfândega do Porto, onde um armazém nos recebe com um trabalho fantástico do artista urbano Vhils, que percorre o mundo fazendo rostos nas paredes, através de uma técnica que já é a sua imagem de marca.


Uma loja ampla clara e repleta de gifts com a marca, recebe os visitantes...




 e foi onde a Maria João Sequeira foi  dando-me as primeiras informações sobre esta novidade que vem atraindo pessoas de todas as idades. Esta foi a a minha primeira surpresa, porque ao contrário do que eu pensava, não só os miúdos se interessam em ver o Porto em 5 dimensões, mas sim, os graúdos e os mais velhos também.
E pude comprovar nos momentos que estive por ali, que os visitantes são mesmo de todas as idades.

Mas lá fui eu descobrir como é ver o Porto em 5 dimensões.
Numa sala típica de cinema com 18 lugares, mas com cadeiras dinamicas e a necessidade de utilizarmos um óculos especial que vai  possibilitar vermos o que sem eles estaria totalmente desfocado...





O dragão é o nosso companheiro de viagem no filme que tem o mesmo nome: Look at Porto.
Mas por que um dragão?
O dragão é a figura que tem  o espírito guerreiro e invencível que representa o povo da cidade do Porto e que está representado no Brasão da cidade:




E como um dragão vamos sobrevoando o Porto e adentrando pelos principais monumentos e locais imperdíveis para visitarmos...



Além dos monumentos e principais ruas do Porto, podemos sobrevoar o rio Douro até o o vale dos vinhos e sentir todos os aromas quando as uvas estão a ser pisadas na altura das vindimas, ou ainda quando o vinho do Porto está sendo armazenados nas suas caves em V.N.de Gaia. 
As ondas do mar que batem no farol da Foz podem nos molhar e o vento, digno de um voo sobre a cidade pode bater-nos na cara, enquanto as cadeiras em movimento levam-nos a uma viagem sensorial.

Senti-me como se estivesse sobrevoando a cidade num helicóptero, nesta minha experiência em 2013:

veja o meu voo de helicóptero: AQUI

a diferença é que não preciso tirar os pés do chão e a água, o vento e os aromas, vem ter comigo. Além de alguns toques da asa do dragão, que também se fazem sentir nas minhas pernas ou braços. (incrível!)

Para mim, um dos pontos altos, foi estar mesmo rente ao teto do Palácio de Cristal.
Sente-se estar mesmo a tocar aquela cúpula verde...




Para quem vive na cidade vai se surpreender em ver tudo numa perspectiva muito diferente.
E para quem visita o Porto, esta é uma sugestão para em 10 minutos ver muitas das coisas a visitar no Porto e sair dali com vontade de conhecer tudo pessoalmente.

O cinema Look at Porto tem inclusive parcerias para compras de bilhetes de muitos locais a visitar, com descontos.

Veja aqui todos os preços e demais informações:


Uma dica para se encantar pelo Porto, e desta vez em 5 dimensões!