segunda-feira, 6 de abril de 2015

As provas de vinho que encantam. Desta vez... vinho verde... na rua!

Quem acompanha este blog, já viu  vários posts (AQUI) sobre as diversas provas dos mais variados vinhos, que acontecem em lugares distintos. Alguns mais requintados, outros mais informais. Mas sempre com o objetivo de dar a conhecer cada vez mais sobre este produto tão português: o vinho.

Desta vez no Mercado do Vinho, inserido no projeto Cedofeita Viva, um projeto que a cada mercado desenvolve um tema diferente, para dinamizar a região da Rua de Cedofeita, o assunto era: vinho verde.



Agora com a chegada do bom tempo e dos dias longos de Verão, o vinho verde passa a ser ainda mais consumido por ser servido muito fresco.

E ali na esquina da Rua de Cedofeita com a Rua Miguel Bombarda, numa espécie de sala de provas ao ar livre, eu assisti a uma prova comentada de vinhos verdes. 


Num sábado solarengo e ambiente descontraído a prova, foi comentada pelo enólogo perfeito para estas situações, José Silva fala de vinhos de uma forma democrática, sem usar as palavras difíceis do mundo dos enólogos e ao mesmo tempo passando o seu amplo conhecimento de forma clara e muito acessível...




José Silva conta-nos sobre a Região Demarcada dos Vinhos Verdes, localizada ao noroeste de Portugal, que hoje é a única região do mundo que pode produzir vinhos verdes, devido ao seu microclima e características do solo e das vinhas.
É uma das regiões mais antigas a produzir vinhos no mundo. Antigamente era uma vasta região produtora de vinhos, mas o aumento da população e a necessidade do plantio de trigo, batata e outros alimentos de subsistência, obrigou a diminuir o espaço para a plantação das vinhas.
Por ser uma região onde as comidas são muito fortes, o vinho verde, gaseificado, era o vinho produzido para acompanhar estas refeições. Porém não eram vinhos de qualidade.

Hoje em dia, a produção do vinho verde melhorou significativamente e encontram-se no mercado excelentes vinhos para acompanhar bons pratos, principalmente no Verão.

Um vinho rosé, um branco e um espumante foram os vinhos em prova comentados pelo enólogo José Silva...







A minha escolha foi sem sobra de dúvida o Miogo, um espumante que eu já havia conhecido numa outra ocasião e que eu recomendo...



A democratização dos vinhos é assim mesmo, na rua, junto das pessoas, provando e falando sobre eles.
Para que cada vez mais os vinhos portugueses sejam conhecidos.

Se vem ao Porto, ou vive na cidade, não perca a oportunidade de assistir a uma prova de vinhos comentada.
Vale sempre a pena.

E acompanhe os temas dos próximos Mercados do Cedofeita Viva aqui:

É diversão garantida!


2 comentários:

  1. PARA QUEM GOSTA, É UM BELO CONVITE
    VENHA À R.MIGUEL BOMBARDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Maria Louro. Obrigada pelo seu comentário.

      Excluir