segunda-feira, 28 de abril de 2014

A volta dos bons tempos da Rua 31 de Janeiro. Na Doce Baixa.

Há uma rua na Baixa do Porto que é conhecida por muitas histórias, mas também conhecida por ter sido uma rua de muito glamour. Antigamente chamava-se Rua Nova de Santo António, mas por ter sido palco da revolta no Porto em tempos da implantação da República em Portugal em 1891, passou a se chamar Rua de 31 de Janeiro...


Esta rua  vem lá da Praça Almeida Garret ao lado da Estação de São Bento e sobe até ao Largo da Batalha.
Uma rua com vista! Para a Torre dos Clérigos...


E para a linda Igreja de Santo Ildefonso...


e por onde sobe e desce lentamente o charmoso elétrico 22...


Em outros tempos, a Rua de  31 de Janeiro era uma das ruas mais elegantes da cidade do Porto. Onde se encontravam as lojas mais caras da cidade. Uma rua famosa pelos suas alfaiatarias, sapatarias, cabeleireiros de moda e luveiros, numa época em que a luva era um adereço quase que obrigatório no vestuário. 
As fachadas que ainda se encontram na Rua de 31 de Janeiro, demonstram bem o glamour daqueles tempos...



Muita coisa aconteceu de lá prá cá e vários comércios emblemáticos da rua foram obrigados a fechar as portas. 
Mas com a revitalização da Baixa do Porto, a Rua de 31 de Janeiro está ganhando nova vida, novas lojas e o glamour parece pouco a pouco a voltar, de maneira diferente e mais moderna.
Por isso, seja bem-vindo à loja 28 da Rua de 31 de Janeiro. A loja Doce Baixa...



E é sempre com sorriso no rosto e elegância que o Marco André Vieira, recebe quando se entra pela loja do nº 28.  E era mesmo assim que a loja era conhecida nos tempos em que ali ainda existia a Sapataria Costa Real, a única loja da rua que tinha o nº no chão à entrada da loja.
A fachada ainda está lá, mas muita coisa mudou...




A exemplo das outras lojas da rua, que mantiveram o charme da  fachada original, a Doce Baixa transformou o espaço interior e hoje é uma loja de produtos gourmets e artesanais de artistas e criadores, praticamente todos eles do Porto e da região Norte.
Uma loja que lembra o glamour dos outros tempos da Rua de 31 de Janeiro...





Mas há produtos para todos os bolsos, desde uma pequena lembrança de viagem até uma criação de algum artista renomado da região. O Marco, faz questão de ter ótimas opções para todos os clientes que por ali passam. Ele faz uma rigorosa seleção dos produtos e faz questão de manter uma excelente disposição dos mesmos na loja, o que possibilita ficarmos por ali a ver tudo com calma num ambiente muito agradável...



com apontamentos especiais...


O conceito da Doce Baixa é privilegiar o artesanato urbano e contemporâneo do Porto e da região Norte, que é caracterizado pelas novas roupagens dos produtos que são tão tradicionais...







As montras/vitrines da loja 28 da Rua 31 de Janeiro, estão sempre a mudar e sempre a chamar a atenção.
Quem por ali passa não fica indiferente ao bom gosto...





E foi com bom gosto que o Marco comemorou o 1º Aniversário da Doce Baixa no último Domingo...



provas de compotas e chutneys da Delicateria,- sabores requintados



E a grande novidade desta celebração, foi a apresentação que ele fez aos amigos e clientes da sua marca própria. Uma linha de acessórios by André Vieira...




Peças novas  de criação própria, ou então, peças que são reaproveitadas a partir de outras antigas, onde ele faz uma recriação e dá nova vida a um antigo acessório que temos e não usamos mais. Como por exemplo estes colares criados a partir de antigas peças de relógios de bolso...


ou antigos colares que ele transforma em novos colares, este é o novo conceito by André Vieira...


E assim, na tradicional Rua de 31 de Janeiro, podemos ver de novo empresários que acreditam no trabalho e na determinação para trazer de volta o charme dos seus bons tempos.
Bom para o Porto e para quem visita a cidade!



Doce Baixa
Rua de 31 de Janeiro nº 28 Porto
Todos os dias das 10:00 às 20:00
tl. +351 911907130
Facebook/DoceBaixa

3 comentários:

  1. Dá mesmo vontade de ir já visitar!!
    Assim o farei, brevemente:)

    Parabéns à Rita pela reportagem e à Doce Baixa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A loja é um charme mesmo. E tem produtos 5*. Uma prova que a baixa do Porto está já virada para o Mundo, para o Futuro e para a qualidade e bom gosto.

      Excluir