quarta-feira, 31 de julho de 2013

Portugal, o Porto e os turistas brasileiros...


Andamos pelo Porto e os vemos sempre  por aí... os turista brasileiros estão adorando cada vez mais, descobrir Portugal!
E as notícias confirmam...


Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido e Alemanha são, nessa ordem, os cinco países da Europa mais visitados por brasileiros nos últimos cinco anos.
Um balanço da European Travel Commission (ETC), feito em parceria com a Organização Mundial do Turismo (OMT), mostra que ao menos desde 2008 esses são os destinos da Europa que mais receberam turistas do Brasil entre 2008 e 2012.
Segundo o órgão, a Europa recebeu 3,1 milhões de brasileiros em 2012 – o que corresponde a 51,8% dos 6 milhões de brasileiros que fizeram viagens de longa distância nesse ano.
Considerando as diferentes regiões da Europa, os destinos ocidentais (como França, Alemanha, Holanda e Suíça) receberam a maior parte dos turistas brasileiros que desembarcaram no continente: 43,8% do total.
O Sul da Europa (como Itália, Espanha e Turquia) vem em segundo lugar, com 40,7% dos viajantes.
Destinos do Norte e do Centro do continente, como Suécia e Dinamarca, receberam 8,8% dos brasileiros, e o leste europeu, com países como República Tcheca, Hungria e Romênia, 6,7%.
Crescimento e crise
Dos países que mais receberam brasileiros nos últimos anos, a Espanha foi o que registrou maior crescimento, ao menos entre 2008 e 2011 – os dados finais de 2012 ainda não estão disponíveis: em 2011, 360 mil brasileiros visitaram o país, 59% a mais do que em 2008, quando foram 226,1 mil.
O Reino Unido também cresceu na preferência dos brasileiros, com um aumento de 54% no período. Em seguida vêm a Alemanha, com 48%, e Portugal, com 44% de crescimento.
Já o fluxo de turistas para a Itália cresceu 16% nesses quatro anos.
O estudo também avaliou, mas sem quantificar, o que mais atrai o brasileiro no continente europeu. Atividades culturais, compras, praias, vida noturna, esportes, religião, comida e lugares históricos foram os motivos mais citados.



E o Porto está sempre pronto a recebê-los, os brasileiros e os turistas de toda parte, são sempre bem-vindos!

Extreme Sailing Series, a regata que fica mais bonita no Porto.

Terminou no último fim de semana a etapa no Porto da  regata dos super veleiros do Extreme Sailing Series. Durante 4 dias  aquelas velas imensas dão um colorido especial à cidade...




Principalmente nas tardes de Sexta à Domingo, não havia quem ficasse indiferente à beleza que aqueles barcos trouxeram à cidade. Mas a pergunta é: será que o Porto fica mais bonito com o Extreme Sailing Series ou é o Extreme que fica mais bonito no Porto?
Sem duvidar da beleza indiscutível das demais cidades por onde a regata passa em 2013 (Muscat/Oman, Singapura, Quindao/China, Istambul/Turquia, Cardiff/UK, Nice/França e Rio de Janeiro/Brasil), duvido que haja nestas outras cidades uma composição tão especial do cenário da cidade histórica com os veleiros.
Nestes 3 dias, em que as regatas aconteceram no rio Douro, era como se os barcos estivessem dentro da cidade...


Devido a proximidade das margens, segundo algumas entrevistas concedidas por alguns dos velejadores, o ambiente da regata fica espetacular. É a etapa onde eles ficam mais próximo do público. E quem está nas margens consegue sentir a adrenalina da equipa quando as manobras se fazem ora  do lado Porto...


ora do lado de Vila Nova de Gaia...


São  imagens belíssimas...


Mas quando vamos adicionando elementos muito particulares  da cidade às imagens dos veleiros, o cenário vai ficando ainda mais especial. É como se a regata fosse interagindo com a cidade e vice-versa...
A começar pelos próprios barcos rabelos...


 Ou os grandes barcos dos cruzeiros pelo Douro...


E os pequenos barcos de pesca...


O teleférico...



E os candeeiros...


E até mesmo as chaminés...


Os grandes armazéns de Vila Nova de Gaia...


E os edifícios antigos do Porto...


Mas, principalmente, as pessoas, sim as pessoas que se juntaram às margens para apreciar, simplesmente porque o ambiente estava mesmo para aproveitar o dia, e apreciar os veleiros...






E chego então à uma conclusão, e fico com a certeza:
o Extreme Sailing Series é que fica mais bonito... no Porto!




segunda-feira, 29 de julho de 2013

A Praça das Cardosas e o Urban Market

O Sr. Manuel Cardoso dos Santos era um abastado negociante com fortuna feita no Brasil e que comprou um antigo convento dos Padres Lóios, construído no século XV, transformando-o em sua residência.
Dizem que tinha esposa e filha muito feias  que passavam a vida à janela, a ver e a comentar quem passava.
Daí o nome Palácio das Cardosas dado ao emblemático edifício na Praça da Liberdade na Baixa do Porto, onde hoje encontra-se o Hotel Intercontinental...


Todo o quarteirão à volta deste edifício levou o nome de Passeio das Cardosas. E é ali, nas suas traseiras do atual Hotel Intercontinental  que agora surge uma nova praça com edifícios que pouco a pouco foram reabilitados...


E surgiu então a mais nova praça da cidade do Porto, a  Praça das Cardosas.
Uma praça quase que privativa, com uma entrada bem à frente da Estação de São Bento, e que no último fim de semana foi invadida pelos criativos do Urban Market, o mercado urbano organizado pela Portugal Lovers...




E durante três dias, aquela pequena e simpática praça, transformou-se num mercado colorido e divertido, e repleta de  turistas e habitantes locais...





E conforme o anúncio à entrada, o convite era à  Arte e ao Design...



à Comida e ao Vinho..



Tudo acompanhado com muita música de qualidade...

O G Project - Gipsy Jazz, através da Casa da Guitarra:




Felipe Vargas, com música popular brasileira:



E o DJ Ricardo Amorim...




E ainda os momentos de HairStylist com os Anjos Urbanos...



Boa disposição, compras e relax para todas as idades e nacionalidades na nova Praça das Cardosas através do Urban Market...







Porque o Porto é assim.
Uma praça, um mercado, boa disposição, turistas e não-turistas, todas as pessoas e está pronto um fim de semana especial numa cidade especial.

Aqui um pequeno vídeo com algumas das apresentações musicais e o ambiente da Praça das Cardosas com o Urban Market...

video

Para saber o local e quando será o próximo Urban Market, acompanhe aqui: Portugal Lovers


sexta-feira, 26 de julho de 2013

O Extreme Sailing Series numa outra perspectiva... literalmente.

Ontem, Quinta-Feira, começou aqui no Porto a V Etapa do Extreme Sailing Series, que é considerada a Fórmula 1 das regatas de barco a vela. Aqueles barcos lindíssimos com as suas velas imensas vão dar um colorido muito especial à cidade nos próximos dias.
Não vão faltar imagens para mostrar o efeito destes barcos super modernos a contrastar com o cenário da cidade do Porto, principalmente nas regatas que vão decorrer de hoje até Domingo no rio Douro, muito próximo as margens.

Por isso, neste primeiro dia de regata resolvi ir atrás de imagens mais românticas, diferentes...
A regatas desta Quinta-Feira, aconteceram no mar, onde o vento bate mais forte e  os barcos devem ter alcançado altas velocidades e foram sujeitos a manobras radicais.
Resolvi então ir até à Afurada, onde esta localizada a marina para onde os barcos retornam no fim da competição e ficam atracados e fiquei ali, num fim de tarde lindo que se fez na cidade do Porto, a espera do regresso dos "guerreiros".
A Afurada é uma localidade conhecida por seus pescadores e barcos de pesca. Muito típico e tradicional, é um lugar aonde as senhoras ainda deixam a roupa secar à beira do rio...



E foi ali, que eu decidi ficar, para ver a chegada dos barcos, depois de um longo dia de competição...


Eu, os barcos artesanais dos pescadores, as gaivotas e aqueles veleiros imensos de última geração, um contraste especial...





Como tudo é muito sincronizado, começa então o trabalho de recolher as velas, muito calmamente, porque o stress da competição já passou e a adrenalina precisa baixar... junto com as velas...



O único barulho é o da ondulação do rio, batendo nos barcos ali parados, e uma ou outra gaivota que resolve cantar. O trabalho em equipa nos veleiros, este sim é silencioso, a mostrar que cada um sabe o seu trabalho e nesta hora não é preciso ordens e nem instruções...








Quem pratica ou já praticou alta competição sabe que é nesta hora, que o filme começa a passar por estas cabeças a relembrar cada momento daquela regata e é hora de pensar já na próxima que é no dia seguinte...



E um a um os veleiros vão encostando na marina... prontos para o descanso...




Descanso dos veleiros e dos super velejadores...merecido.


Vale a pena ir até às margens do rio Douro no Porto ou em V. N. de Gaia, apreciar o cenário diferente que esta competição proporciona...


Até o próximo Domingo entre às 12 e as 19 horas.