terça-feira, 7 de maio de 2013

O Porto... infelizmente tem destas coisas.

O dia de hoje estava marcado na minha agenda para ir à Baixa do Porto acompanhar o cortejo da Queima das Fitas, para mostrar a beleza da festa dos estudantes universitários, finalistas dos seus respectivos cursos.
Mas... no último Sábado, o Marlon Correia foi brutalmente assassinado...


Eu não conhecia o Marlon, só sei que era um jovem de 24 anos, jogador de futebol, professor de desporto e treinador dos mais pequenos, era um líder, admirado por todos... tinha muito o que fazer ainda nesta vida.
O Porto, é uma grande cidade, e como outra qualquer infelizmente também tem destas coisas.
Ele estava trabalhando para a Queima das Fitas e numa tentativa de assalto foi assassinado...

Faço este post, porque eu venho de um país em que este tipo de morte, caiu na banalidade... matam alguém no primeiro dia de Carnaval, mas e aí? O Carnaval tem que acontecer!
Não quero que esta cidade tão encantadora, deixe isto cair na banalidade, portanto faço a minha parte.
Não vou à Queima das Fitas, em respeito ao Marlon.
Para o ano e todos os próximos anos, a Queima das Fitas, vai acontecer. Mas o Marlon, não vai estar para participar...
Não critico quem vai à Queima das Fitas, cada um sabe o que faz. Mas eu, em respeito à família do Marlon, e a todos os seus alunos... não vou.
Ainda assim, sinto-me muito segura na cidade do Porto, casos como este são isolados.
A questão é que não consigo ir fotografar uma festa que esta diretamente ligada à morte deste jovem.
A Queima pode esperar...



Nenhum comentário:

Postar um comentário